Do blog ao bolo: 10 dicas pra trabalhar com comida e se dar bem

02/11/2017 às 22:33.

Se você é uma das que sonham em ter seu próprio negócio, mira nas dicas da empresária Daniela Schiavo, que deixou um blog de sucesso pra fazer bolo e hoje coordena uma rede de franquias

Daniela Schiavo, da Bolo de Madre (Foto: Divulgação)

Posso apostar que 9 em cada 10 mulheres que são cozinheiras de mão cheia, ou pelo menos amam se arriscar na cozinha e têm o maior prazer em preparar uma comidinha boa pros amigos e pra família, com certeza já pensaram em deixar seus empregos e aderir a uma das ondas do empreendedorismo atual: ter um food truck, uma loja de bolos de vó, preparar cestas de piquenique (tá aí uma ideia, hein?)…

Mas é preciso audácia e uma boa dose de preparo pra trabalhar com comida e um segredo primordial: amor, uma história. Assim começou a trajetória de Daniela Schiavo, ex-consultora de estilo e blogueira de moda. Apesar do sucesso nas redes, ela estava decidida a se dedicar a um novo negócio e encontrou inspiração no antigo livro de receitas da família. E em 2013 nasceu a Bolo da Madre, que fatura cerca de 75 mil reais por mês (cada loja, hoje são 17 abertas), virou franquia e espera chegar a 30 lojas até o fim de 2015.

A seguir, ela dá as dicas fundamentais pra quem quer trabalhar com comida:

1. Acredite na essência da ideia

“O meu negócio não teria dado tão certo se nosso único objetivo fosse desenvolver algo do tamanho que é hoje, em tão pouco tempo”, diz a empresária. O propósito do seu sonho e os seus valores precisam estar muito claros. Na palavras de Daniela: dinheiro é bem-vindo, sucesso idem, mas quando você coloca o coração tem mais chances de dar certo.

2. Venda mais do que um alimento

“Nós não vendemos apenas bolo, vendemos afeto. Não somos apenas uma rede de franquias de bolos caseiros, vendemos memória afetiva, sentimentos que o nosso produto remete: família, encontros, alegrias…”, enfatiza. Quando pensar num negócio, seja ele qual for, venda sensações e experiências além do produto.

3. Persiga a excelência diariamente     

A empresa da Daniela acredita na estética linda da apresentação dos bolos, em lançamento de novos sabores que surpreendam, num layout charmoso de loja. É uma busca diária, que pode ser exaustiva mas é fundamental. “Pra ter excelência em serviços na área de alimentação, principalmente, é preciso estar muito atento aos detalhes, não veja as coisas como um olhar adestrado enxergaria”, diz.

4. Tenha ideias singulares

Anote: um negócio só se destaca com originalidade. “Sou a CEO e diretora criativa da empresa. São funções diferentes, mas acredito que, para todas as áreas de atuação, a criatividade é muito importante. Ao empreender, valorize isso ou contrate alguém que exerça com habilidade essa função”, aconselha Daniela.

5. Reinvente o que já existe

Segundo a empresária, no ramo de alimentação é mais forte a sensação de que tudo parece já existir ou ter sido criado. Mas, calma! O conselho é se reinventar, mesmo com o mercado saturado. O concorrente pioneiro tem vantagens, mas nem sempre está a frente de novidades e serviços. “Melhore experiências, layout da apresentação, invente sabores…”, diz.

6. Execute melhor do que imagina

“Sua habilidade de execução tem que ser tão boa quanto a ideia incrível que você teve, ou até mais forte que ela. Não sabe como executar?! Associe-se a pessoas entendidas, com expertise em gestão e aprenda com elas”, profetiza Daniela. Uma sociedade pode ser uma ótima saída. “A minha sócia, Fernanda Castanheda, contribui muito com a gestão do negócio e não poderíamos ter uma sociedade melhor e mais equilibrada”, completa.

7. Prepare-se pra trabalhar muito!

Não existe empreendedorismo sem muito esforço e dedicação. Acostume-se com a ideia de trabalhar 12 horas ou mais todos os dias, inclusive aos finais de semana, principalmente no primeiro ano da sua empresa.

8. Divulgue bem a sua marca

“As pessoas adoram compartilhar histórias, notícias, lugares, o que estão consumindo, fazendo, visitando e comendo, com aqueles ao seu redor. Ainda existe mídia espontânea e a Bolo da Madre recebe um tanto delas. Influência social e o famoso boca a boca é o fator primário por trás de 50% de todas as decisões de compra. Mas você é introspectiva, como eu? Invista numa assessoria de imprensa pra ajudá-la”, fala.

9. Seja extremamente comprometida

Não conte com a sorte. Pra Daniela, ela pode até existir, mas o sucesso vem mesmo é com   trabalho duro. “Todos os dias temos desafios e problemas a resolver. Não protele, não desanime, coloque-os na rotina e desconfie quando não surgirem. E ria muito deles depois que se resolverem, ok?”, sugere.

10. Trabalhe com amor

“Sabe aquela história de que a comida só fica boa quando é feita com amor? Pois é, quem quer trabalhar com alimentos precisa ter ótimos sentimentos envolvidos pra que isso chegue até o consumidor”, finaliza Daniela.

Via: Revista Glamour