Discriminar funcionários por tatuagens é ilegal e dá processo

27/12/2018 às 09:54.

Estamos quase há 20 anos desde o início do século 21. Entretanto, alguns temas ultrapassados insistem em fazer parte da sociedade. Por exemplo, você consegue acreditar que pessoas ainda são discriminadas pelas tatuagens que ostentam?

Um reportagem publicada pela BBC Brasil mostra o caso de funcionários de uma locadora de veículos, uma farmácia e um médico, que, ou perderam a vaga de emprego, ou foram obrigados a taparem os desenhos com fitas adesivas e até mesmo colocar meia-calça no braço durante a jornada de trabalho.

“Eu passei na primeira fase do concurso, mas fui reprovado durante a inspeção de pele do exame médico. Quando eu levantei a mão, minha tatuagem foi vista e avaliada como irregular. Isso aconteceu porque ela estava numa área que poderia ser vista quando eu usasse o uniforme de treino, então, fui desclassificado”, explica Renan Pires Negrão dos Santos, de 35 anos, médico da Força Aérea Brasileira. Ele foi impedido de trabalhar na Polícia Militar de São Paulo em 2013.