Dicas para emagrecer aos 30 e poucos anos

01/08/2017 às 13:01.

Foto: People Images – Istock

Além das rugas e marcas de expressão que começam a dar seus primeiros sinais, a chegada aos 30 anos também tem é caracterizada por uma dificuldade maior em manter o corpo em forma. Os hábitos cotidianos tendem a mudar com o avanço da idade e o metabolismo realmente fica mais lento, o que atrapalha o emagrecimento.

Se aos 20 anos era possível secar e definir rapidamente e sem grandes esforços, a década seguinte vai exigir a tomada de medidas extras e planos mais focados de exercícios e alimentação voltados à faixa etária.

Como emagrecer depois dos 30: dicas de alimentação

Ter uma maior conscientização dos alimentos e manter uma relação mais saudável com a comida é importante não somente para o emagrecimento como também para o emagrecimento, especialmente com o avanço da idade.

Para perder peso após os 30 anos é preciso, inicialmente, incluir no cardápio alimentos e ingredientes nutritivos e termogênicos que, por acelerarem o metabolismo, promovem uma queima maior de calorias, sem ter que passar fome ou apostar em dietas restritivas.

Certifique-se que suas refeições sejam recheadas em fibras, grãos integrais, proteínas magras, legumes, frutas, verduras, além de carboidratos de absorção lenta e gorduras boas, como as presentes em opções como abacate, azeite e salmão, por exemplo.

Mantenha o hábito de tomar um café da manhã reforçado, faça lanches entre as refeições para garantir saciedade e evitar exageros, corte ou reduza o consumo de açúcar, fritura, gorduras e bebidas alcoólicas que não serão metabolizados de forma eficiente pelo organismo. Dormir bem, pelo menos 7 horas por noite, também ajuda no emagrecimento, já que afasta estresse e ansiedade e regula hormônios ligados ao apetite.
Como emagrecer depois dos 30: dicas de exercícios

Após os 30 de idade o corpo não responde da mesma forma aos exercícios, mas isso não quer dizer que eles não promoverão efeitos. Ao contrário: eles são essenciais para a perda de peso e podem até ser mais poderosos se realizados da maneira correta.

Seu corpo agora será mais forte e resistente e você terá melhor coordenação para um desempenho competente nas atividades físicas. Além disso, a eficiência de oxigênio normalmente melhora com o passar do tempo, o que garante vantagem extra em atividades aeróbicas.

É válido ainda se concentrar na intensidade dos exercícios físicos. Adicionar de 3 a 5 séries extras de 30 segundos a mais em cada atividade de cardio é uma medida simples que acelera o metabolismo e permite que seu corpo mantenha a queima de calorias horas após o treino.

A taxa de perda de massa muscular tende a ser maior na parte inferior do corpo do que na parte superior com o avanço da idade. Portanto, procure praticar mais exercícios como agachamentos, pelo menos duas vezes por semana, para retardar e até mesmo impedir essa perda.

Fonte: Vix