Dia da Consciência Negra é feriado em cinco estados, mas não no Paraná. Entenda

20/11/2018 às 11:07. Comente esta notícia!

A Lei 12.519/2011 institui o 20 de novembro como o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra. A data, porém, não é um feriado nacional. Pelo país, até há leis estaduais – e municipais − que preveem folga em memória ao dia da morte de Zumbi dos Palmares, um dos líderes mais célebres contra a escravidão no Brasil. Mas esse não é o caso do Paraná.

Para valer efetivamente como feriado, o Dia da Consciência Negra precisaria ser aprovado pela Assembleia Legislativa. No início do ano passado, os deputados Marcio Nunes (PSD) e Luiz Claudio Romanelli (PSB) apresentaram um projeto para incluir a data no calendário oficial do estado. Pela proposta, o feriado valeria apenas para os órgãos e escolas públicas.

O projeto altera a Lei Estadual 15.674/2007, que, a exemplo da legislação nacional, estabelece o Dia da Consciência Negra, mas não o feriado. A justificativa dos dois parlamentares se ampara na importância da data para a cultura popular afro-brasileira, cuja população representa 28% dos habitantes do estado. Ambos ressaltam ainda que a Constituição paranaense garante proteção às manifestações das culturas populares.

O texto, no entanto, foi rejeitado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia. Um recurso à decisão acabou rejeitado posteriormente pela própria CCJ. Em setembro do ano passado, Romanelli recorreu ao plenário da Casa do parecer contrário da comissão, mas a matéria nunca foi à votação.

Já no Senado, tramita há quase um ano uma proposta de Randolfe Rodrigues (Rede-AP) que declara o Dia da Consciência Negra como feriado nacional. Desde então, a matéria está parada na Comissão de Educação, Cultura e Esporte. Segundo o projeto do parlamentar, medida nesse sentido vale atualmente em cinco estados: Alagoas, Amazonas, Amapá, Mato Grosso e Rio de Janeiro.

Texto praticamente idêntico tramita na Câmara, por proposição do deputado federal Valmir Assunção (PT-BA). Já aprovado na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, o projeto aguarda inclusão na pauta de votações do plenário da Casa.

Municípios
Em Curitiba, uma proposta de estabelecer o 20 de novembro como feriado municipal chegou a ser aprovada pela Câmara de Vereadores, mas a Associação Comercial do Paraná (ACP) foi à Justiça e conseguiu barrar a lei logo no primeiro ano em que o feriado seria celebrado, em 2013.

Segundo balanço mais recente da Secretaria Especial de Política da Promoção da Igualdade Racial (Seppir), do governo federal, o país contava em 2015 com 1.045 cidades que comemoravam a data como feriado.