Destroços de estação espacial chinesa podem cair sobre o Brasil no feriado de Páscoa

29/03/2018 às 08:15.

Foto: Reprodução/Youtube

Detritos de uma antiga estação espacial chinesa podem cair no Brasil durante o feriado de Páscoa. Desabitada desde 2013, a estação Tiangong está desgovernada desde 2016 e sua trajetória, segundo matéria publicada na revista Galileu, pode coincidir com a da Terra por volta do dia 1º de abril. E pior que não é mentira.

A Agência Espacial Europeia (ESA) prevê que a reentrada na atmosfera da Terra aconteça entre os dias 30 de março e 2 de abril. O astrônomo amador Marcelo Zurita, diretor técnico da Bramon (Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros), disse à revista Galileu que as previsões mais precisas só poderão ser feitas com um ou dois dias de antecedência.

Pelos cálculos apontados na reportagem, a estação espacial chinesa pode cair em qualquer lugar entre as latitudes 43º Norte e 43º Sul, área que compreende todo o território brasileiro. A possibilidade de destroços caírem em solo brasileiro é baixa, mas não nula. Os cálculos da Bramon indicam uma chance de 2,28% de que o objeto se despedace sobre nossas cabeças.

A chance de cair no oceano é de 68% e de 32% em terra firme. No Brasil, o risco maior, segundo os cálculos dos astrônomos amadores, é de queda de algum dos destroços na Amazônia (0,417% de chances). No Paraná o risco é de 0,026%. Já o risco de receber uma “estaçãozada” na cabeça é de 0, 0000000000027%. Vai que.

Por ter cerca de 10 metros de comprimento, 3 metros de largura e 8,5 toneladas no lançamento (devido ao gasto de combustível, o peso atual é menor), destroços podem chegar intactos à superfície.

Via: Tribuna do Paraná