Depois de 14 meses, dona encontra seu gato vivendo em fábrica de ração com o dobro do peso

24/01/2019 às 15:53. Comente esta notícia!

 

Um gato, que estava desaparecido há 14 meses, se reuniu com sua família depois que foi encontrado vivendo em uma fábrica de rações para animais de estimação nas proximidades.

Clive, um gato Norueguês da Floresta, desapareceu de sua casa em dezembro de 2014 e deixou seus donos Tanya e Jonathan Irons devastados. O casal lançou um apelo no Facebook e colocou cartazes em torno de sua vizinhança, mas infelizmente, sem sucesso.

Tanya disse mais tarde: “Ele costumava ser muito desobediente e gostava de sair muito. Nós pensamos que alguém o havia levado, por ele ser um gato tão lindo.

Como se viu, ninguém levou Clive – ele estava realmente vivendo o melhor tempo de sua vida.

 

 

 

 

Clive foi encontrado depois que a equipe de uma fábrica de alimentos para animais de estimação notou que a comida de gato estava desaparecendo e decidiu prender o ladrão. Eles deixaram um rastro de guloseimas de gato, que iam diretamente até a uma cesta suspensa sobre uma almofada de pressão, o que faria com que ela caísse, deixando o suspeito preso dentro.

Certa manhã, depois que o pessoal chegou, viram que a armadilha havia funcionado. Os trabalhadores levaram Clive a um veterinário que escaneou seu microchip, revelando que ele estava registrado na família Irons, que morava a apenas três quilômetros da fábrica de rações para animais de estimação.

A supervisora ​​de produção da Kennelgate Pet Superstore, Diane Gaskill, disse mais tarde: “Eu tenho tentado pegá-lo por semanas, depois que descobri que tínhamos um gato morando no armazém. Eu o vi passar por mim algumas vezes e encontramos excrementos. Eu coloquei uma armadilha uma noite, e o encontrei na manhã seguinte. Ele estava assanhado e rosnando, mas sabia que o jogo havia terminado. Nós ao veterinário e fomos capazes de obter o número de celular de seu dono. Eu liguei para ela imediatamente – e ela não conseguia acreditar.

O diretor de varejo da empresa, Colin Lewis, acrescentou: “É incrível. O armazém é de 20 mil metros quadrados de ração para animais de estimação. Acho que houve alguns buracos em algumas caixas. Foi um esforço de equipe para pegar o gato, acho que todo mundo teve uma chance na semana antes de Diane encontrá-lo.

 

 

 

 

A gente continuava encontrando cocô de gato e algumas funcionários continuavam dizendo que o haviam visto, mas demorou um pouco para pegá-lo. Nós pegamos a armadilha de um centro de resgate de gatos. É uma gaiola – você põe um pouco de comida nela, então quando o gato entra há um bloco de pressão que fecha a porta atrás dele. Clive só comeu comida de gato na fábrica, acho que achou que estava morando em uma cobertura.

Finalmente, a família se reuniu com Clive – apenas para perceber que seu amado gato inchou para quase o dobro de seu tamanho original. Tanya, a dona de Clive, disse: “Clive tinha nove meses quando o perdemos – e ele era muito menor do que antes. Quando o pegamos de volta, ficamos chocados ao ver o quão grande e fofo ele estava.

Ele obviamente estava vivendo a vida de um verdadeiro Rei, naquela fábrica de ração para animais. Nós ouvimos que estava um pouco malcheiroso quando eles o pegaram, mas parece estar bem agora. Ele definitivamente nos reconhece, ele apenas está mais gordo agora.”

“Acho que ele esteve se divertindo nesse ano que passou. Ele não era um grande comedor, mas ele sempre tinha que comer muito rapidamente antes que seus irmãos roubassem sua comida. Ele provavelmente estava feliz por não ter que competir com eles para comer. Ele tem um enorme apetite agora. Eu tive que deixá-lo com um grande balde de comida, ele simplesmente não para de comer. Ele está feliz e bem mais redondo.”

 

Fonte:  Portal do animal