Ao Vivo

Curitibana recicla máscara de tecido e transforma em bolsas

04/02/2021 às 14:56.

Foto: Divulgação/ Badu Design

Ela passou a ser item obrigatório para sair de casa. As máscaras de tecido nos acompanhando desde o começo da pandemia. E o que nos protege, pode esconder um problema ambiental.

Isso porque as máscaras perdem a eficácia após 30 lavagens e aí viram lixo tóxico. O tecido na natureza pode demorar em média 300 anos pra se decompor, além do risco de contaminação pelo coronavírus.

Pensando nisso, a empreendedora curitibana, Ariane Santos, resolveu reciclar máscaras que são transformadas em necessaire, porta moedas, porta panelas. O trabalho é feito por mulheres de baixa renda, que atuam como costureiras no projeto Badu Design. A empresa já trabalhava com o reaproveitamento de tecidos e agora na pandemia elas se adaptaram, como conta a criadora do projeto, a Ariane.

Foto: Divulgação/ Badu Design

E você pode colaborar com essa ação. Aquela máscara de tecido que já tá na hora de descartar, pode ser entregue na Rua João Bettega , 4215, no condomínio Arboreto Makers,  que fica no bairro Portão. É só deixar na caixa na entrada junto do Armário coletivo.

Único detalhe é que as máscaras precisam estar higienizadas: tem que lavar com água e sabão, deixar secando no sol e passar ferro quente. Para conhecer mais do projeto você pode acessar o instagram @badudesign.

Reportagem Alexandra Fernandes