Ao Vivo

Curitiba tem 411 novos casos de coronavírus; mais de 11 mil já estão recuperados da doença

30/07/2020 às 08:02.

Foto: Freepik

Curitiba atualizou nesta quarta-feira (29) os dados que mostram o avanço da pandemia de novo coronavírus na cidade. Conforme o novo boletim epidemiológico, mais 411 pessoas testaram positivo e outras 13 perderam suas vidas para a doença, o que fez subir para 18.131 o total de infectados e para 504 os óbitos oficiais, registrados desde março. Mas a boa notícia é que a maior parte dos contaminados vence a covid-19. Hoje, o número de pacientes recuperados, que estão sem sintomas e já livres do período mínimo de 14 dias de isolamento, é de 11.533 na capital.

Entre os contaminados com o Sars-CoV-2 que vivem em Curitiba, 6.094 pessoas estão na fase ativa da doença, sendo potenciais transmissoras do novo vírus. Além delas, outras 570 que tiveram sintomas suspeitos de covid-19, são acompanhadas pelas autoridades de saúde locais e aguardam o resultado dos exames.

Novas mortes

As novas vítimas fatais da doença em Curitiba, segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), são nove homens e quatro mulheres, com idades entre 30 e 85 anos, que estavam internadas e que faleceram na terça-feira (28). Deste grupo, apenas cinco tinham idades abaixo de 60 anos e um deles, um homem de 50 anos, não tinha fatores de risco para complicações pela covid-19.

Além das 504 mortes em decorrência da contaminação com o novo coronavírus, já confirmadas por exames laboratoriais, ainda há na cidade outros seis falecimentos em investigação.

Em UTIs e enfermarias

Nesta quarta-feira, 89% dos 355 leitos das unidades de terapia intensiva (UTI) exclusivos para covid-19 do Sistema Único de Saúde (SUS) estão ocupados, de acordo com informações da prefeitura de Curitiba. Na cidade, ainda segundo a administração municipal, restam 38 leitos do SUS livres nos hospitais.

Já em hospitais públicos e privados, atualmente 603 pacientes diagnosticados com covid-19 estão internados, sendo que 247 deles estão em estado mais grave, hospitalizados em leitos de UTI.

Via: Tribuna Do Paraná