Ao Vivo

Curitiba “ferve” de baladas no dia em que o Brasil chegou a 500 mil mortos

21/06/2021 às 06:46.

Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) teve trabalho na noite deste sábado (19), em Curitiba. Além de fechar sete estabelecimentos na cidade, os agentes aplicaram multas que ultrapassaram meio milhão de reais por infraçoes ou descumprimentos das medidas contra a covid-19. Um ano e três meses depois do início da pandemia, aglomerações com mais de 200 pessoas foram flagradas em festas pela cidade.

No sábado, o Brasil ultrapassou a marca de 500 mil mortos pela covid-19. Curitiba registrou, de acordo com o último boletim, 5.898 mortes.

Segundo a prefeitura de Curitiba, foram lavrados dez autos de infração no total de R$ 510 mil a estabelecimentos que estavam funcionando em desacordo com as normas sanitárias de prevenção e controle da covid-19. 

Os agentes percorreram onze endereços pelo Centro, São Francisco, Boqueirão, Sítio Cercado, Cidade Industrial e Jardim Botânico. Destes lugares, sete foram fechados, inclusive dois deles na região central foram notificados para cassação de alvará, por reincidência no descumprimento da legislação.

Uma casa noturna na rua Augusto Stellfeld, no bairro São Francisco, estava com aproximadamente 150 pessoas. Os proprietários foram multados no valor de R$ 150 mil e o local interditado por problemas na saída de emergência. Na sequência, os responsáveis foram encaminhados para a delegacia, onde assinaram um termo circunstanciado.

Na Cidade Industrial (CIC), duas festas clandestinas tiveram os responsáveis multados em R$ 200 mil e R$ 40 mil. Na multa mais alta, 100 pessoas estavam no local. No Sítio Cercado, foi lavrado um auto de infração de R$ 150 mil, pois mais de 200 jovens passavam a noite na balada. Ainda sobre multas, um Bar/Casa Noturna foi autuado em R$ 50 mil, por atividade em desacordo com o que é permitido no alvará. Outros dois bares, na região central, foram autuados em R$ 40 mil e R$ 20 mil

Balanço

Os autos de infração aplicados nas fiscalizações da Aifu na sexta-feira (18) e no sábado (19), somaram R$ 590 mil para um total de 21 estabelecimentos, por descumprimento à Lei Municipal 15799/2021, que trata das sanções ao descumprimento das medidas necessárias ao enfrentamento da pandemia.

Via: Tribuna do Paraná