Ao Vivo

Crises de labirintite podem ser desencadeadas por 6 vacilos na alimentação

05/08/2019 às 09:02.
tontura labirintite sintoma 0719 1400x800
VectorMine/shutterstock

Labirintite é um termo vulgar e leigo, comum na linguagem popular, utilizado para descrever as labirintopatias, que são condições que afetam o ​​​​​​labirinto, que é a estrutura do ouvido interno responsável pela audição e pelo equilíbrio, explica Paulo Saraceni Neto, otorrinolaringologista do Hospital 9 de Julho.

As crises de labirintite podem ter causas variadas que apontam algum desequilíbrio no organismo e entre os fatores de risco estão:

  • Hipoglicemia
  • Diabetes
  • Hipertensão
  • Níveis elevados de colesterol
  • Triglicérides e ácido úrico
  • Estresse
  • Ansiedade
  • Alimentação

A labirintite pode ser de três tipos: emocional, viral ou metabólica, sendo a última muito relacionada a vacilos na alimentação. Em seu perfil no Instagram, a nutricionista funcional Fernanda Serpa afirma que alguns tipos de comidas ou comportamentos alimentares podem atuar como gatilhos para deflagrar uma crise.

tontura dor cabeca 0219 1400x800
BlurryMe/shutterstock

Hábitos alimentares que pioram a labirintite

Segundo a profissional, o controle desses fatores pode tornar os episódios de vertigem e zumbido menos frequentes e de menor intensidade. Quem tem predisposição ao problema deve evitar:

  • Excesso de cafeína
  • Ingestão de açúcar e doces
  • Uso de sal em excesso
  • Consumo de bebidas alcoólicas
  • Baixa ingestão de água
  • Consumo de alimentos alérgicos

Labirintite: sintomas e tratamento

labirintite como descobrir 1016 1400x800
chubphong/Shutterstock

Os sintomas de labirintite podem variar de pessoa para pessoa e somente o médico pode dar o diagnóstico certeiro da condição. No entanto, um simples teste caseiro ajuda a descobrir se você pode sofrer do distúrbio de labirinto. Os sinais mais comuns da labirintite são:

  • Tontura
  • Vertigem
  • Náuseas e vômitos
  • Sudorese
  • Diminuição, perda de audição ou zumbidos
  • Dificuldade de focar o olhar
  • Cefaleia

A labirintite desaparece sozinha na maioria das vezes, mas os sintomas podem persistir durante algumas semanas. O tratamento de labirintite vai depender do que o diagnóstico apontar como causa da doença e normalmente envolve o uso de medicamentos prescritos pelo profissional de saúde.

View this post on Instagram

Você sabia que a sua alimentação pode ter relação com as crises das labirintopatias? 👇 ———————————————————— A vertigem rotatória (sensação de que o ambiente gira ao redor do corpo), tontura, instabilidade, zumbido, irritabilidade à ruídos, sensação de pressão no ouvido e náuseas são alguns dos sintomas clássicos dos distúrbios que acometem o labirinto. ———————————– O que pouca gente sabe é que alguns alimentos ou comportamentos alimentares podem atuar como GATILHOS para deflagrar a crise das labirintopatias (principalmente as de causas metabólicas). ———————————– O controle desses fatores (ex: carboidratos refinados, cafeina, bebidas alcoólicas, sal, alérgenos alimentares, etc) podem tornar os episódios de vertigem e zumbido menos frequentes e de menor intensidade. Procure um especialista! 👍

A post shared by Fernanda Serpa Nutri Funcional (@feserpa) on

Via: Vix