Ao Vivo

Crise faz número de pizzarias mais que dobrar em Curitiba

10/07/2017 às 08:17.

Em oito anos, quantidade de estabelecimentos passou de 253 para 531, segundo dados da Prefeitura

Não é raro ouvirmos por aí a expressão de que “tudo acaba em pizza”. Eternizada pelo radialista esportivo paulistano Milton Peruzzi, a máxima nunca fez tanto sentido como hoje para os curitibanos. É que nos últimos anos explodiu o número de pizzarias espalhadas pela cidade, com um crescimento de 110% entre 2009 e 2017, segundo dados da Prefeitura de Curitiba. Hoje é o Dia da Pizza. Oito anos atrás, quando a Vigilância Sanitária do município divulgou pela primeira vez o número de estabelecimentos cadastrados, existiam 253 pizzarias na cidade. Hoje, seriam 531. Ou seja, o número mais do que dobrou no período analisado — e, em verdade, pode ser bem maior do que o apontado, já que alguns estabelecimentos podem estar registrados como de alimentação e similares, além da alta rotatividade ser uma das características do setor.

Segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurante (Abrasel) no Paraná, o crescimento do setor teria uma relação íntima com o momento de crise que o país enfrenta. Como exemplo, Luciano Bartolomeu, diretor-executivo da associação, aponta que a maioria dos segmentos gastronômicos registraram retração nos anos de 2015 e 2016, enquanto as comidas de rua, as pizzarias e os serviços de delivery estiveram em alta.
“O que está acontecendo é que esse segmento de pizzarias está sendo bem procurado, até por questão do ticket médio. É bem mais em conta comer em uma pizzaria, que pode repartir em até três péssoas, do que pedir à la carte”, aponta o executivo, destacando ainda o ‘caráter mais democrático’ da redonda.
“Pizza é uma comida muito bem aceita e bem-vinda num momento em que a população está com menos dinheiro para gastar. Aí, onde há demanda, há oferta”, complementa.
Leopoldo Guerios, franqueado da Domino’s em Curitiba, aponta que existe uma verdadeira paixão pela pizza entre os curitibanos. Para ele, mesmo que o morador da Capital esteja procurando por uma alimentação mais saudável ou mais em conta, não abrirá mão do famoso “dia da pizza”. “É cultural. Por mais que a pessoa queira fazer uma alimentação mais saudável, do ‘dia da pizza’ ele não abre mão. Isso ajuda para que a gente esteja indo na contramão”, aponta o empresário.

Paranaenses entre os maiores consumidores

No Brasil, existem 36 mil pizzarias em funcionamento — sendo 11 mil no estado de São Paulo, cuja capital é a segunda maior consumidora do produto no mundo, atrás apenas de Nova York (dados de 2015). Em todo o país, o setor gera 360 mil postos de trabalho, com faturamento em torno de R$ 22 bilhões por ano.
Mas se os paulistas são os campeões, a paixão dos paranaenses pela redonda — e em especial os curitibanos — não fica muito atrás, segundo aponta Luciano Bartolomeu, da Abrasel-PR. “Nada se compara em São Paulo, mas pela proximidade, o fato de as pessoas gostarem de se reunir em bares e pizzarias, a frequência de pessoas é muito grande comparado com as outras cidades.”
Ainda segundo Luciano, Curitiba fica entre os cinco municípios que mais consomem pizza no país, ao lado de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre. “Só não tem como garantir se está em segundo ou quinto lugar, mas com certeza está entre as cinco cidades que mais consomem pizza”, aponta.

Curiosidades
A Pizza como conhecemos hoje, com muito queijo e molho de tomate, de fato foi inventada pelos italianos, mas o disco de massa achatado já era consumido há mais de cinco mil anos por egípcios, babilônios e hebreus que preparavam o chamado Pão de Abrão. Já o Dia da Pizza foi criado em 1985, quando o então secretário de turismo de São Paulo, Caio Luis de Carvalho, realizou nesta data a final do 1º festival que elegia as melhores pizzas mozzarela e margherita da cidade. O sucesso foi tamanho que a pizza foi homenageada com um dia só para ela.
Outra curiosidade, é que a pizza consumida no Brasil não é idêntica ao de outros países. No País há Recheios variados — são incontáveis os sabores criados — e outras novidades. A Pizzaria Parzianello, no Pilarzinho, por exemplo, criou a pizza com borda vulcão.

Número de pizzarias em Curitiba

2017: 531
2013: 393
2009: 253

Os 10 sabores mais pedidos na casa das pizzas de Curitiba

1ª CALABRESA: Molho, mussarela, calabresa e orégano.
2ª FRANGO CATUPIRY: Molho, mussarela, frango, catupiry e orégano.
3ª PORTUGUESA: Molho, mussarela, presunto, cebola, ovos, azeitona e orégano.
4ª QUATRO QUEIJOS: Molho, mussarela, provolone, parmesão, catupiry e orégano.
5ª MARGHERITA: Molho, mussarela, tomate e manjericão.
6ª LOMBO: Molho, mussarela, lombo e orégano.
7ª MUSSARELA: Molho, mussarela e orégano.
8ª CALABRESA ESPECIAL: Molho, mussarela, calabresa, milho, bacon e orégano.
9ª MARINARA: Molho, mussarela, atum, tomate picado, provolone e orégano.
10ª PERUANA: Massa, molho, mussarela, atum, cebola, ervilha e orégano.

Via: Bem Paraná