Ao Vivo

Criança denuncia padrasto por estupro após entender abusos em aula sobre educação sexual

10 de julho de 2024

Foto: Reprodução/RPC

Por g1

Uma menina de 10 anos denunciou o próprio padrasto, de 45 anos, por estupro, depois que assistiu a uma aula obre educação sexual, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, segundo a Polícia Civil.

Os abusos aconteciam desde 2023, porém, a criança só entendeu que as ações do padrasto não eram apenas carinhos após uma abordagem em sala de aula sobre sexualidade, em junho de 2024, conforme a delegada Ana Paula Cunha, do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria).

Com isso, a criança relatou à mãe o que estava acontecendo, e ela denunciou o homem para a polícia.

“Segundo relato da criança, durante os abusos, o suspeito falava que era apenas carinho e ela acreditava”.

“Em razão da vítima desconhecer até então que esses carinhos não se tratavam de carinho e sim de crime, o investigado teve acesso integral ao corpo da criança, porque o desconhecimento dela garantia, inclusive, o próprio silêncio com relação a esses fatos”, afirma a delegada.

Leia mais