Ao Vivo

Covid-19: pessoas com comorbidades serão imunizadas a partir de maio

22/04/2021 às 05:11.

Em maio começa uma nova fase da vacinação contra a covid-19 no país. O foco agora são as pessoas com doenças pré-existentes como problemas cardíacos e do pulmão, hipertensão arterial e diabetes que podem oferecer risco de agravamento da doença.

Para garantir a vacinação desse grupo, o Ministério da Saúde explica que é importante que essas pessoas estejam pré-cadastradas no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações ou em alguma unidade de saúde do SUS.

Mas, quem não tiver a inscrição vai poder tomar a vacina. Para isso, é preciso apresentar no momento da imunização, um comprovante da comorbidade, como exames, receitas, relatório médico ou prescrição médica.

A convocação desse grupo será de acordo com a idade, dos mais velhos aos mais jovens. Então os primeiros a serem convocados serão as pessoas de 55 a 59 anos, depois de 50 a 54 anos, e assim por diante.

No Paraná, a Secretaria Estadual de Saúde disse que vai seguir as orientações e também vai orientar as prefeituras do estado a seguir as recomendações.

Mais de 1 milhão e 172 mil paranaenses são os próximos a receber a vacina aqui no estado assim que terminar a imunização dos idoso, o que está previsto na semana que vem. Em Curitiba, a prefeitura disse que vai seguir o plano de imunização que já prevê as pessoas com doenças pré- existentes na próxima etapa.

Lembrando que está suspensa por falta de vacinas a aplicação da primeira dose em idoso, isso em Curitiba e outras cidades do estado. Não há previsão de quando novas doses do imunizante chegarão ao Paraná. Mas na sexta-feira, a Fiocruz disse que entregará ao Ministério da Saúde 19 milhões de doses.

Via: Agência Brasil / Boa Noite Paraná – RPC