Ao Vivo

Coronavírus avança e Conselho Regional de Medicina faz alerta máximo: “profissionais de saúde no limite”

02/12/2020 às 08:15.

Foto: Rawpixel

O agravamento da pandemia de novo coronavírus fez o Conselho Regional de Medicina do Paraná emitir um alerta máximo nesta terça-feira (1º), sobre a capacidade operacional do sistema de saúde e também, sobre as condições físicas e emocionais de médicos, enfermeiros e outros profissionais da área.

Em publicação feita nas redes sociais, o Conselho informa que equipes que atuam no atendimento de pacientes da covid-19 estão trabalhando em seus limites e que afastamentos têm sido necessários entre os profissionais que são contaminados.

Ainda de acordo com o CRM-PR, as próximas semanas da pandemia devem ser críticas e a recomendação é que os cuidados com a prevenção sejam mantidos.

https://www.facebook.com/crmpr/posts/3597621820330550

“Não temos mais equipes para abrir leitos”

Na segunda-feira (30), a secretária de Saúde de Curitiba, Márcia Huçulak, fez um desabafo nas redes sociais ao anunciar mais 40 leitos para atendimento dos casos de covid-19 em Curitiba. “Tudo tem limite, não temos mais equipes para abrir leitos”, alertou. Curitiba está em bandeira laranja desde sexta-feira-feira (27).

“As pessoas precisam entender que não se tem médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas e toda a equipe de apoio laboratorial e limpeza no almoxarifado. Podemos ter camas, respiradores, monitores, medicamentos em estoque. Profissionais de saúde e de apoio são pessoas que têm família, que também precisam descansar, querem ver seus filhos e pais e muitos não o fazem há meses”, desabafou a secretária, que finalizou o post com as seguintes hashtags: #solidariedade, #VidasNãoVoltam e #APandemiaNãoAcabou.

Via: Tribuna Do Paraná