Ao Vivo

Consumo de Pinhão está liberado no Paraná a partir de AMANHÃ (quarta-feira)

31/03/2020 às 10:31.

O consumo de pinhão está liberado no Paraná a partir desta quarta-feira (31). O Instituto Água e Terra (IAT) do governo do estado também libera quarta-feira a colheita, venda, transporte e armazenamento da semente.

Foto: Pixabay

Entretanto, a orientação é de que o pinhão seja colhido de pinhas que já caíram das araucárias. Isso garantiria que só sementes já maturadas sejam consumidas e evita que pessoas subam nas araucárias e corram riscos de acidentes.

A colheita do pinhão só é permitida entre abril e agosto para não impactar no meio ambiente. A portaria do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) 046/2015 tem como objetivo conciliar a geração de renda e proteger a reprodução da araucária, árvore símbolo do Paraná e ameaçada de extinção.

“Quando o pinhão cai ao chão é uma oportunidade para animais, como a cutia, ajudarem a semear em outros lugares, garantindo a reprodução da araucária”, explica o gerente de Monitoramento e Fiscalização do IAT, Alvaro Cesar de Góes.

Pinhão verde

Mesmo que seja colhido na data permitida, o consumo do pinhão verde é proibido. Com casca esbranquiçada e alto teor de umidade, o que facilita o surgimento de fungos, o pinhão verde pode prejudicar a saúde, podendo causar má digestão, náuseas e até episódios de constipação intestinal.

A venda de pinhão de outros estados também é proibido no Paraná. Denúncias sobre a venda irregular de pinhão e demais infrações ambientais, podem ser feitas no link Fale Conosco, no site do órgão http://www.iap.pr.gov.br, pelo telefone do IAT Curitiba: (41) 3213-3700 ou regionais do IAT e Polícia Ambiental.

Via: Tribuna Do Paraná