Com o hit ‘Dona Maria’, Thiago Brava celebra o sucesso: ‘Estou tendo uma segunda chance’

19/03/2018 às 09:41.

“Dona Maria, deixa eu namorar a sua filha”, diz o refrão de um dos maiores hits atuais, “Dona Maria”, cujo clipe no Youtube já passa de 220 milhões (isso mesmo: milhões) de visualizações. Os singelos versos estão transformando a vida do cantor Thiago Brava, nascido em Goiânia há 31 anos. “Estou tendo uma segunda chance com essa música”, garante ele: “O sucesso chegou cedo para mim, eu tinha 20 e poucos anos. Gastei muita grana com farra, carrões. Agora estou mais maduro, vivo mais para a família. Até porque a ressaca depois dos 30 é mais pesada”.

Thiago compôs 'Dona Maria' por sugestão de Jorge, da dupla com MateusThiago compôs ‘Dona Maria’ por sugestão de Jorge, da dupla com Mateus Foto: Divulgação Thiago ficou conhecido em 2012, com o hit “360 – O arrocha do poder”. Na época, ele fazia o que chama de “música de solteiro”, direcionada principalmente às baladas. Foi o amigo Jorge (da dupla Jorge & Mateus) que o aconselhou a mudar o foco de sua carreira. “Ele chegou um dia para mim e disse: ‘Você já está com barba. Faz uma música romântica, com um violão acústico’. Fiquei com isso na cabeça”.

Depois de um tempo, Thiago colocou o conselho em prática. Como o próprio Jorge prometeu que gravaria com ele, o cantor pensou na música “Distanciou”, já composta no novo estilo. Em cima da hora, mudou de ideia e mandou “Dona Maria”. A resposta do parceiro: “Você acabou de fazer o seu maior sucesso”.

Mas, afinal, quem é Dona Maria? “Fiz essa música inspirado na minha mãe, dona Jura. Só mudei o nome, pois acho Maria mais universal. Eu tinha uns amigos que queriam namorar a minha irmã, Rafaela, e eram todos maloqueiros como eu, usavam boné para trás. Escrevi a letra rapidinho”, conta ele, que divide a autoria com a dupla Lucas & Thiago.

Lançada no final de outubro do ano passado, em 20 dias a canção já ultrapassava 50 milhões de visualizações. A agenda do cantor pulou de 8 shows por mês para uma média de 22. Vitrines importantes, como a Festa de Peão de Barretos e o Caldas Country, voltaram a fazer parte de seu circuito. E o público passou a incluir desde crianças até jovens senhoras, como dona Marlene, de 79 anos, uma das mais animadas do show realizado em Suzano (SP), no último dia 11.

Solteiro, Thiago agora só espera encontrar alguma candidata para que possa cantar (de verdade) para a mãe: “Dona Maria, deixa eu namorar a sua filha / Vai me desculpando a ousadia / Essa menina é um desenho no céu / Que Deus pintou e jogou fora o pincel”. Com versos assim, vai ser difícil Dona Maria não deixar.

Via: Jornal Extra