Com depressão, adolescente some e deixa família desesperada. Você viu a Ana?

05/12/2018 às 17:03. Comente esta notícia!

Há uma semana, a família da adolescente Ana Carolina Homenko, de 14 anos, vive um desespero só. A menina sumiu no último dia 28 de novembro e, desde então, ninguém mais teve notícia sobre ela. Moradora de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), os parentes já tiveram várias pistas, mas nenhuma chegou até o paradeiro de Ana, que vinha sofrendo de depressão por conta da separação dos pais.

A informação do desaparecimento da adolescente foi divulgada pela Guarda Municipal da cidade, que também está ajudando a família na busca por Ana Carolina. Segundo o pai, Ednaldo Xavier, a filha começou a ficar diferente depois que houve a separação, mas nunca foi uma adolescente complicada. “É extremamente carinhosa, uma menina com coração gigante”.

 

Ana-Carolina-Homenko3

O motivo do desaparecimento, segundo suspeita o pai, pode ser uma mistura de tudo o que Ana Carolina vinha passando nos últimos meses. “Essa depressão e até mesmo sentimento de abandono. Coisas que foram acumulando e também pessoas que foram chegando e mostrando o mundo lá fora”.

Em casa, apesar do sentimento de perda por conta da separação dos pais, Ana Carolina sempre foi uma adolescente comum, até mesmo com as questões da idade, mas também é parceira do pai, com quem mora. Atualmente, Ednaldo tem um novo relacionamento e a família acredita que, num momento como este, em que a adolescente está fora de casa, seja mais fácil que ela procure a madrasta – que mesmo namorando com Ednaldo, não morava com os dois – do que seus pais.

A família registrou o desaparecimento na Delegacia de Araucária. Sobre outras possibilidades, até mesmo de que Ana Carolina tenha se envolvido com alguma coisa ruim, como drogas, os familiares comentaram que já até ouviram boatos de que ela poderia estar envolvida com algo do tipo, mas reforçaram que nunca perceberam ou viram nada concreto em casa.

Ana-Carolina-Homenko4

Pistas

Desde que desapareceu e os contatos foram divulgados para quem pudesse ajudar, algumas informações foram passadas, mas nada que ajudasse a encontrar a menina.

“Tivemos informação de pessoas que teriam visto ela em alguns lugares, no ônibus, por exemplo, mas é difícil até mesmo de acreditar. Por ela ser uma menina de 14 anos, sempre tive todo o cuidado, nunca deixei sair sozinha à noite”, comentou o pai, acreditando que a filha não esteja em boas companhias.

Ajude!

Mesmo com a polícia trabalhando para tentar encontrar Ana Carolina, a família pede ajuda da população, que também denuncie com informações mais específicas. Além disso, o pai também fez um apelo a quem estiver com a adolescente. “Quem estiver com ela deveria ter a sensibilidade de entender o que ela está passando, ela está sim perdida, com problemas e precisa da nossa ajuda”. As denúncias podem ser feitas diretamente para o pai, através do número (41) 99864-6751, ou também para a Delegacia de Araucária, pelo (41) 3641-600, ou à Guarda Municipal da cidade da RMC, que atende pelos telefones (41) 3642-1226 ou 153.

Fonte: Tribuna do Paraná