Chef faz apelo na web pra não fechar restaurante após vender só um prato no dia

27/04/2019 às 15:05. Comente esta notícia!

 

“A gente ia fechar o restaurante”. A afirmação do chef curitibano Erik Fillies foi dada após um apelo postado nesta semana nas redes sociais, contando o drama da falta de movimento no estabelecimento. Uma realidade vivida não só por ele, mas por tantos outros donos de restaurantes pelo país.

Em um longo texto com mais de 4 mil compartilhamentos até o fechamento desta reportagem, ele e a esposa, a publicitária Mariana Guedes, contaram que o restaurante Cozinha Pirata, no Jardim das Américas, em Curitiba, vinha vendendo uma média de cinco a seis pratos diariamente, longe da meta de 25 refeições para pelo menos pagar as contas.

Aberto há um ano e meio com um crescimento de clientes fiéis, quando um acidente destruiu quase a metade do restaurante. A obra de um prédio ao lado desmoronou e o fez fechar as portas por pouco mais de duas semanas. Tempo suficiente para os clientes debandarem.

“Se o dono fecha o restaurante por um tempo [como foi o caso do Cozinha Pirata], é certeza que vai perder o cliente fiel quando reabrir. As pessoas simplesmente perdem o hábito de ir lá e procuram outro lugar”, avalia o diretor da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Paraná (Abrasel-PR), Luciano Bartolomeu.

 

 

CONFIRA A MATÉRIA COMPLETA NO SITE DA TRIBUNA DO PARANÁ