Ao Vivo

Carro fica de ‘Pernas pro ar ’em acidente no centro de Curitiba

29/04/2017 às 17:56.

A atitude de furar o sinal vermelho gerou um acidente envolvendo três carros, na manhã deste sábado (29). A pancada foi na esquina das Avenidas Marechal Floriano Peixoto e Visconde de Guarapuava, no Centro de Curitiba, por volta das 7h50. Leandro era passageiro de um dos veículos atingidos e contou o que houve. Ele disse que estavam parados no sinal vermelho, na Avenida Marechal Floriano Peixoto e, quando o sinal abriu, avançaram adiante. Quando começavam a cruzar a esquina, um carro “surgiu” na frente deles. Era um Logan prata que, de acordo com a testemunha, furou o sinal vermelho na Avenida Visconde de Guarapuava

Foto: Gerson Klaina

O Logan atravessou-se na frente de um Corolla cinza escuro e de um Gol prata, onde estava Leandro. O Corolla acertou em cheio a lateral do Logan, que capotou e ficou com as rodas viradas para cima. Segundo a testemunha, outro veículo passou quase junto com o Logan, também furando o sinal vermelho. Mas seguiu adiante e não parou para ver o que tinha acontecido.

Entre os ocupantes do Logan estava uma criança de 12 anos. Apesar do susto, ninguém se feriu gravemente em nenhum dos veículos. Os socorristas do Siate fizeram uma avaliação em todos e não precisaram encaminhar ninguém ao hospital.

Segundo policiais militares do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), os três motoristas fizeram teste de bafômetro, que deu negativo para todos.

 

Maio Amarelo

No próximo mês inicia o movimento Maio Amarelo, que é um conjunto de ações, organizadas pela própria sociedade em sua vizinhança, em empresas, em grupos sociais, entre outros, com o objetivo de conscientizar as pessoas para a segurança viária e diminuição do número de mortos no trânsito.

A campanha deste ano tem foco na consciência do motorista, que através de pequenas escolhas e percepções de perigo, podem evitar acidentes como este, que ocorreu na manhã deste sábado em Curitiba.

A Tribuna fará uma série de matérias para o Maio Amarelo, apoiando atitudes que tragam a segurança viária à consciência de todos os motoristas.

Via:http://www.tribunapr.com.br/