Cão é agredido por funcionário da Sanepar em Foz do Iguaçu

04/01/2019 às 17:41. Comente esta notícia!

 

Uma moradora de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, afirma que o cachorro dela, um vira-latas de seis meses, teve o focinho machucado por um leiturista da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). O caso ocorreu na manhã desta quinta-feira (3).

Ela disse que quando o funcionário chegou para fazer a leitura, o portão estava aberto, e o animal começou a latir. “Tinha outros cachorros junto. Ele tirou aquele negócio que eles medem a água e deu na cabeça do cachorro e deu um coice”, contou a moradora. Ela disse que o animal desmaiou com a agressão.

A mulher disse ainda que o cachorro é dócil e nunca mordeu ninguém.

Outro lado

Em nota, a Sanepar lamentou o ocorrido e disse que o leiturista, que se chama Paulo contou que haviam vários cachorros soltos na rua e que um deles avançou e chegou a morder a sua calça.

“O agente de leitura já foi atacado por cães em duas oportunidades no ano passado, uma em março e a outra em outubro. O medo da dor física e dos traumas psicológicos fez com que ele, Paulo ato de defesa, empurrasse o animal com o pé. Como o cão voltou a atacar, ele usou a vareta da leitura para afastá-lo e acabou provocando o machucado”, diz trecho da nota.

A nota também diz que o incidente reforça a luta das empresas prestadoras de serviços públicos em proteger as equipes que trabalham em campo e que sofrem constantemente com ataques caninos.

“Os acidentes ocorrem, normalmente, durante a leitura das contas de água ou de energia, na coleta de lixo ou na entrega de correspondência. Há dois anos, os ataques de cães chegaram a ser os responsáveis por grande parte de afastamento do trabalho na Sanepar”.

Fonte:  G1