Ao Vivo

“Cajuru nunca mais será o mesmo”, promete Greca ao inaugurar pista de esporte olímpico em Curitiba

26/07/2021 às 08:16.

Foto: Ricardo Marajó/SMCS

A nova pista de BMX no Parque dos Peladeiros, no Cajuru, em Curitiba, está aberta ao público. O Parque Olímpico do Cajuru é um complexo esportivo que conta com campos de futebol de areia e salão, academia ao ar livre, área de treinamento de atletismo, um estádio municipal de beisebol e softbol, pista de caminhada e canchas de voleibol. A pista estava quase pronta desde novembro de 2020, mas ainda não tinha data de inauguração naquela época.

A inauguração da pista de BMX Supercross (bicicross) ocorreu  na quinta-feira (22). Com especificações olímpicas e padrão internacional, Curitiba vai ter condições de receber competições oficiais. São duas rampas para largadas das categorias Challenge (5 metros de altura) e Championship (8 metros de altura) e 390 metros de obstáculos para as competições.

Na oportunidade, os praticantes Fernanda Bueno Cooper, Miguel Silveira Silva, Pedro Henrique Bueno, Matheus Araújo Mascarenhas, Juan Stocco, Pedro Henryque da Silva Alves, Humberto Emanuel Silveira Silva, e Luiz Felipe Valentini deram as primeiras voltas.

O prefeito Rafael Greca acompanhou o evento e reforçou a qualidade do espaço e que Curitiba deve ter orgulho de ter um espaço dedicado ao esporte. “O Cajuru nunca mais será o mesmo. Estou morrendo de inveja dos nossos atletas, essa pista é orgulho de Curitiba e uma das mais bonitas que o nosso país possui”, disse Greca.

O ciclismo BMX ou bicicross surgiu na década de 1960, mas somente dez anos depois que surgiram equipes, campeonatos, revistas especializadas, marcas novas de peças e de bicicletas BMX. Em abril de 1981, a Federação Internacional de BMX foi fundada e a modalidade se desenvolveu rapidamente, criando uma identidade única. Em 1993, o BMX foi inteiramente integrado à União Internacional de Ciclismo (UCI, em inglês) e estreou como esporte olímpico em Pequim 2008.

Pista de Skate

Além da pista de BMX, a prefeitura projeta a instalação de espaços destinados a outros esportes. A Secretaria do Meio Ambiente estuda a possibilidade da implantação de uma pista de skate no local, que também terá parede de escalada, centro de lutas e uma pista de pump track (pista que consiste em percurso com “lombadas” ou “rollers”, que possibilitam a aceleração da bicicleta sem o uso dos pedais). 

Em 2018, o complexo passou a contar com o Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) Nelson Comel, jornalista esportivo da Tribuna do Paraná que morreu em 2014.

Via: Tribuna Do Paraná