Ao Vivo

Cadê o inverno? Sol aparece e eleva temperaturas em todo estado

11/07/2017 às 08:40.

Frente fria que avança sobre a região Sul segue sem impactar tempo no Paraná

Sol vai reinar em uma semana com grande amplitude térmica | Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo

Sol vai reinar em uma semana com grande amplitude térmica Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo

Quem esperava um mês de julho gelado, pode se preparar para uma tira e põe de casaco nesta terça-feira (11). Com uma massa de ar seco persistindo sobre todo o Paraná, o estado apresenta um cenário de grande estabilidade, sem previsão de chuvas. Este sistema impede o avanço do frio e traz temperaturas mais amenas.

Dessa forma, a previsão do Instituto Simepar é de que o dia seja de poucas nuvens, com presença do sol principalmente à tarde e uma grande amplitude térmica ao longo do dia. Segundo o meteorologista Tarcízio Valentin, apenas a região entre os Campos Gerais e o Litoral devem ter um pouco mais de nebulosidade, principalmente por causa da circulação de ventos vindos do oceano. “Ainda assim, é algo variado, ou seja, com nuvens e nevoeiro de madrugada e de manhã, mas com o tempo abrindo em outros momentos”.

Isso faz com que, em Curitiba, a mínima seja de apenas 9º C nesta terça, mas com possibilidade de subir até os 22º C à medida que o sol aparece mais. E essa variação considerável é algo que deve ser sentida em praticamente todas as demais regiões do estado, cujas máximas devem superar os 20º C com facilidade. Em Maringá, os termômetros devem chegar aos 25º C, enquanto em Guaíra, aos 27º C. A amplitude é destaque ainda em Guarapuava, que começa o dia com 7º C e chega aos 21º C durante a tarde.

E não há previsão para que ares mais gelados retornem ao Paraná tão cedo. De acordo com Valentin, a previsão é de que a semana continue com um cenário bastante semelhante ao dos últimos dias. “O único sistema agindo perto do estado é uma frente fria mais ao Sul, que passa agora sobre o Uruguai. Só que ela está se deslocando para o Oceano e não afeta a nossa região”, explica. Segundo ele, a semana seguirá sem cara de inverno — para a tristeza de quem esperava mais dias para vestir a japona.

Via: Gazeta Do Povo