Ao Vivo

Cachorro foge de avião durante pouso e fica perdido por seis dias no deserto

13/07/2018 às 09:49.

Um cachorro daschund (os famosos “salsichas”) chamado Gaspar foi uma das principais preocupações dos chilenos no fim do último mês. Durante uma viagem de avião entre Santiago, capital chilena, a Iquique, na companhia da melhor amiga da sua tutora, o animal não esperou o desembarque começar para se ver livre da caixa de transporte onde tinha sido posto e fugir do compartimento de bagagens tão logo as portas se abriram.

Foto: Reprodução/Facebook Buscando Gaspar.

Com apenas dois anos, Gaspar correu pela porta, atravessou a pista de aterrizagem do Aeroporto Internacional Diego Aracena e foi parar na parte norte do deserto do Atacama, localizado bem próximo ao local. Então começou uma odisseia de seis dias atrás do animal de estimação, que mobilizou até mesmo a Força Aérea Chilena.

A tutora, Janis Cavieres, já havia ido para Iquique duas semanas antes de ônibus e, por isso, não pode trazer Gaspar junto. Quando soube que a amiga, Ligia Gallardo, iria de avião, pediu a gentileza de levar o pet. Ligia só percebeu o sumiço do animal quando esperava pelas bagagens e reparou que a caixa de transporte de Gaspar estava vazia.

Para ajudar na busca, a tutora Janis criou uma página no Facebook chamada de “Buscando a Gaspar”, que teve mais de 2,5 mil curtidas. Agora, ela quer militar por mudanças nos protocolos de transporte de animais de estimação em voos – até o momento, todo animal deve ir para o compartimento de bagagens.

“Gaspar se encontra em uma condição física debilitada e precisa recuperar massa muscular e peso, entre outras coisas. No entanto, está em tratamento, seu ânimo não caiu e, em casa, está rodeado de mimos. Esperamos que ele evolua positivamente”, aponta a tutora na mais recente publicação na página.

Depois de seis dias perdido, Gaspar perdeu três quilos, foi encontrado em estado de desnutrição e muito estressado.