BRF seleciona estagiários para a área industrial com bolsa-auxílio de R$ 2 mil

01/09/2017 às 13:24.
As vagas disponíveis estão espalhadas por diversos estados,  incluindo o Paraná. | Reprodução

Foto: Reprodução

 

A BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, abriu inscrições para mais de 100 vagas de estágio no Programa Supervisor Trainee 2018. As vagas são direcionadas aos alunos com previsão de graduação para dezembro de 2018, contemplando cursos da área de Engenharia, Zootecnia, Veterinária, Administração, entre outros. Além disso, é preciso ter inglês em nível intermediário ou avançado.

O programa tem duração de um ano e acontece dentro do processo produtivo, com treinamentos de liderança, acompanhamento de um supervisor tutor e da área de Recursos Humanos, que apoiarão o desenvolvimento do estagiário para que, ao final do programa, possa ocupar o cargo de supervisor de fábrica, liderando uma equipe de, em média, 50 pessoas.

As vagas disponíveis estão espalhadas por diversos estados, sendo eles Minas Gerais, Goiás, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Pernambuco e Mato Grosso do Sul, além do interior de São Paulo.

A carga horária de trabalho é de 30 horas semanais.

Inscrições

As inscrições vão do dia 21 de agosto até 21 de setembro pelo site Vagas.com. Os candidatos aprovados ingressarão na BRF em janeiro de 2018 com uma bolsa-auxílio de R$ 2 mil, além de outros benefícios, como, por exemplo, auxílio moradia para quem mora a 50 quilômetros do local de trabalho.

Esse é um dos maiores programa de estágio industrial do Brasil. Segundo Rodrigo Vasconcellos, gerente executivo de recursos humanos da BRF, o programa tem um objetivo maior: “Queremos capacitar jovens para formar a nova geração de líderes da companhia”, afirmou o executivo.

Sobre a BRF

A BRF é uma das maiores companhias de alimentos do mundo, com mais de 30 marcas em seu portfólio, entre elas, Sadia, Perdigão, Qualy, Paty, Dánica, Bocatti e Vienissima. Seus produtos são comercializados em mais de 150 países, nos cinco continentes. Mais de 100 mil funcionários trabalham na companhia, que mantém mais de 50 fábricas em oito países (Argentina, Brasil, Emirados Árabes Unidos, Holanda, Malásia, Reino Unido, Tailândia e Turquia).

 

Fonte: Gazeta do Povo