Brasileiro inventa solução simples para fazer pessoas pararem de roer unhas

03/08/2017 às 11:05.

Quem tem o hábito de roer as unhas sabe como é difícil abandoná-lo. E foi por experiência própria que o inventor e jornalista Paulo Gannam desenvolveu o “Protetor de Unhas para Portadores de Onicofagia”.

Trata-se de uma película que reveste as pontas dos dedos e impede que o roedor morda as unhas. O design pode ser discreto, para os adultos, ou divertido, para as criança. Segundo o desenvolvedor, o produto permite também a transpiração da região, não causa desconforto e não prejudica o tato.

O produto é feito em látex de borracha (mesmo das luvas cirúrgicas) e foi confeccionado por uma artesã.

protetor roedor unha prototipo0717 400x800

Solução para parar de roer a unha

Gannam conta que a película visa ajudar as pessoas a identificarem quais pensamentos ou emoções as levam a roer as unhas, pois, quando a mão vai à boca, o protetor estará lá para brecar o impulso e fazê-las prestar atenção no que pode estar causando nervosismo.

Ou seja, não serve apenas para evitar o hábito, mas também para identificar sua causa. Desta forma, o roedor de unhas conseguirá reverter esse comportamento de forma positiva.

“Assim como muitas pessoas, já fiz uso de esmaltes apimentados, fita isolante e outros tipos de artimanhas, todas fracassadas”, conta Paulo. “Entendi que quando as unhas estão protegidas e a pessoa lembra constantemente da necessidade de cuidar delas, o hábito de roer poderia acabar.”

protetor roedor unha prototipo  0717 400x800

Por roer unhas desde os 6 anos de idade, Gannam conta que já sofreu muito com as consequências oito: fortes dores de cabeça, problemas na mandíbula, dificuldade para fazer trabalhos manuais (pelo desconforto) e assim por diante.

Além disso, existe o risco de contrair alguma doença ou infecção grave pelo contato das mãos com a boca, território cheio de bactérias.

De acordo com informações da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SDB), muitas pessoas fazem tratamento medicamentoso para controlar a ansiedade e, assim, tentar brecar o hábito.

Porém, muitas vezes é necessário um trabalho psicólogo para que se entenda os motivos que levam a pessoa a roer as unhas — mecanismo que o protetor desenvolvido por Paulo procura incentivar.

protetor roedor unha prototipo 2 0717 400x800

Via: Vix