Ao Vivo

Brasileira é a única mulher a ficar entre os primeiros colocados em Copa do Mundo de Sushi no Japão: ‘Orgulho’

14/09/2018 às 11:10.

A brasileira Sandra Mari Saito, de 41 anos, conseguiu ser a única mulher entre os cinco melhores no ranking da “World Sushi Cup”, a Copa do Mundo do Sushi.

A competição aconteceu no final do mês de agosto e é uma das principais disputas internacionais realizadas em Tóquio, no Japão, pelo Ministério da Agricultura.

Foto: Arquivo Pessoal/Sandra Mari Saito

Ao G1, ela contou que ficou emocionada por ser a primeira brasileira a alcançar a segunda colocação na categoria “Edomae Sushi’, que é quando os participantes fazem sushi no estilo tradicional. Já no ranking mundial, ela ficou em quarto lugar.

“Muitos chefs ficaram impressionados por uma mulher estar fazendo sushi e conseguir uma boa colocação nessa categoria, ficar entre os cinco primeiros. É muita emoção e orgulho carregar a bandeira do Brasil. É muita pressão também, mas fiquei bem feliz”, diz.

Sandra saiu do país há 24 anos para morar com a irmã mais velha e trabalhar em uma província de Aichi, perto de Nagoya. Já os pais e irmãos continuam morando no Brasil, em Itapetininga, interior de São Paulo.

Ela conta que sempre se interessou por gastronomia, mas foi há três anos que passou a se dedicar e estudar em uma escola especializada em sushi, a “All Japan Sushi Academy”, em Nagoya. Foi de lá que surgiu a ideia de participar da disputa.

No torneio participaram chefs de mais de 14 países, entre eles França, Noruega, Colômbia, Itália, Estados Undos e Polônia. Além dela, havia outros brasileiros que também competiram.