Ao Vivo

Boticário inaugura loja feita com 3 toneladas de plástico; Curitiba também terá unidade

20/11/2020 às 08:11.

Foto: Lu Prezia / Divulgação

Enquanto maior rede de lojas de cosméticos do mundo e uma das maiores varejistas do Brasil, o Grupo Boticário por meio de sua marca mãe, o Boticário, abre sua primeira loja sustentável no Brasil. Ela fica no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, e foi feita a partir de 3 toneladas de resíduos plásticos, num projeto desenvolvido ao longo de três anos de pesquisa.

A unidade ecologicamente correta contempla um portfólio composto exclusivamente por produtos com atributos sustentáveis, seja em fórmulas ou embalagens, e estará aberta até o dia 27 de dezembro. Ainda em 2020 estão previstas mais 8 lojas sustentáveis: duas no Paraná, duas, no Rio Grande do Sul, outras quatro em São Paulo e uma no Ceará.

“Nessa trajetória, foi muito natural buscarmos alternativas que também ampliasse a nossa entrega no pilar da sustentabilidade. E, como a loja é o grande templo da marca, continuamos investindo fortemente para que o consumidor tenha sempre a melhor experiência, muito além da simples relação de compra e venda”, afirma Eduardo Fonseca, diretor de Assuntos Institucionais.

Mais inovação

Foto: Lu Prezia / Divulgação

Além da loja sustentável, o Grupo Boticário comunica mais um ganho em sustentabildade que vai ajudar a mitigar esses impactos em organismos tão importantes para o equilíbrio ambiental: a conquista do atributo Reef Safe. O time de Pesquisa & Desenvolvimento do Grupo Boticário desenvolveu uma metodologia pioneira e inovadora que garante que a formulação completa do protetor solar não agrida os corais, cuidando, portanto, do ecossistema marinho.

Já como resultado das pesquisas feitas pela marca Australian Gold, uma das linhas de representação do Grupo Boticário no Brasil, lançou itens de proteção solar já com o atributo Reef Safe – a única no país a receber esse selo.

Estima-se que até 14 mil toneladas de filtro solar sejam levadas para os recifes de coral em todo o mundo, a cada ano. O impacto de alguns dos ingredientes na composição desses cosméticos está sob controvérsia científica porque podem gerar o branqueamento de corais – uma condição que os deixa vulneráveis e impede que obtenham os nutrientes necessários para sobreviver.

“O comprometimento do Grupo Boticário com o desenvolvimento sustentável vai além do propósito e essência de buscarmos o sucesso responsável, responsabilidade sobre o impacto das nossas atitudes para o resultado da empresa e para a sociedade. Assim, criamos oportunidades para a beleza transformar a vida de cada um e assim transformar o mundo ao nosso redor”, finaliza Eduardo.

Via: Tribuna Do Paraná