Bolsonaro entrega troféu ao Palmeiras aos gritos de “mito”

03/12/2018 às 08:46. Comente esta notícia!

Aos gritos de “mito”, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) entregou neste domingo (2) o troféu de campeão brasileiro de 2018 ao Palmeiras após vitória de 3 a 2 sobre o Vitória, no Allianz Parque. Torcedor declarado do clube paulista – o nome dele é uma homenagem ao atacante Jair Rosa Pinto, ídolo palmeirense na década de 50 -, o político também chegou a receber uma vaia tímida ao entrar no gramado, logo suplantada pelos gritos de apoio. A torcida palmeirense também xingou o ex-presidente Lula, torcedor declarado do rival Corinthians, aos gritos de “Ei, Lula, vai tomar no c…”.

Foto: Eduardo Carmim/Photo Premium/Folhapress

Ao longo de toda a partida, Bolsonaro vestiu a camisa 10 do Palmeiras, em alusão ao décimo título nacional da equipe. Ele entregou o troféu do título, conquistado no domingo anterior (25), com uma rodada de antecedência, ao capital do Palmeiras, o volante Bruno Henrique. O presidente eleito também entregou medalhas aos campeões e participou da comemoração dos jogadores em campo junto com a filha de 7 anos.

“É um clima de festa, de libertar os sentimentos”, declarou o presidente eleito durante a festa do título. Bolsonaro também parabenizou todos os jogadores e o técnico Luiz Felipe Scolari. “Parabéns ao Palmeiras se a todos os torcedores do Brasil. É uma festa ímpar para mim, agradeço à direção do Palmeiras por ter me convidado”, disse o presidente eleito.

Bolsonaro assistiu à partida no camarote oficial do clube, ao lado do presidente palmeirense Maurício Galiotte e da conselheira Leila Pereira, presidente da Crefisa, patrocinadora do Palmeiras. Também estavam no camarote a cúpula da CBF: o atual presidente coronel Antônio Nunes, e o futuro presidente da confederação, Rogério Caboclo, que assume o cargo em 2019.

Com forte esquema de segurança da Polícia Federal (PF), Bolsonaro chegou ao Allianz Parque às 15h. Ele voou do Rio para São Paulo em avião de carreira da Gol. Em entrevista à Rádio Bandeirantes antes do jogo, ele disse que estava no Allianz Parque para se divertir. “Vou ver meu decacampeão entrar em campo. Hoje é dia de se divertir”, declarou o presidente eleito.
Bolsonaro entrega troféu ao Palmeiras

Dentro do estádio a segurança não registrou nenhum problema na partida. Fora, alguns cartazes foram colados em postes ao arredor do estádio palmeirense com críticas a Bolsonaro, mas não de cunho político. As mensagens se referiam ao fato de o presidente eleito já ter posado nas mídias sociais com camisas de vários clubes, como Flamengo, Vasco, Botafogo e até do Operário, clube de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, que conseguiu o acesso à Série B do Brasileiro este ano.

Além de ser palmeirense, Bolsonaro tem simpatizantes de peso dentro do elenco alviverde, como o volante Felipe Melo e o próprio técnico Luiz Felipe Scolari. Felipe Melo declarou seu apoio ao presidente eleito antes mesmo da campanha eleitoral e chegou a dedicar um gol ao político, no empate em 1 a 1 com o Bahia, no segundo turno do Brasileirão.

Já Felipão se referiu ao presidente eleito logo após a conquista do Brasileiro no domingo passado (25). “Acho que ao cumprir ordens trilhamos caminhos muito bons e espero o nosso Brasil agora também cumpra a ordem sob a nova presidência”, declarou o técnico pentacampeão.