Bolsonaro e aliados se reúnem hoje para definir 50 nomes à transição

30/10/2018 às 09:27.

A expectativa é de que as indicações, que devem compor a linha de frente do novo governo, sejam anunciadas nos próximos 30 dias

O presidente Jair Bolsonaro deve se reunir nesta terça-feira, 30, no Rio de Janeiro, com seus aliados para definir os nomes da equipe de transição. Conforme uma lei criada em 2002, que trata do processo de passagem de um governo para outro, o presidente eleito poderá indicar 50 integrantes para a equipe de transição, que podem receber salários de até 16.000 reais.

Devem participar do encontro o economista Paulo Guedes, anunciado como Ministro da Fazenda, e o deputado federal Onyx Lorenzoni, que chefiará a Casa Civil, e é o coordenador da equipe de transição. É esperada também a presença de Gustavo Bebiano, ex-presidente do PSL, e do vice-presidente, general Mourão – além dos três filhos do presidente, o vereador Carlos, o senador eleito Flávio e o deputado reeleito Eduardo.