Ao Vivo

Bebê prematuro vence o coronavírus

30/04/2020 às 08:41.

A pequena, que chegou com oito semanas antes do previsto, recebeu o diagnóstico de Covid nas primeiras semanas de vida. No entanto, um mês depois, ela já estava curada

 

Peyton nasceu prematura e curou-se do Covid-19 (Foto: Reprodução Facebook)

 

Uma ótima notícia em meio à pandemia de coronavírus que atinge países do mundo todo! Um bebê escocês que nasceu prematuro conseguiu superar a doença. Peyton Maguire, chegou no dia 26 de março, por cesariana, no Hospital Universitário Wishaw, em Lanarkshire, oito semanas antes da data prevista, após sua mãe ser diagnosticada com pré-eclâmpsia. A menina foi transferida diretamente para uma incubadora da UTI neonatal e pesava apenas 1 kg. No entanto, apenas 3 semanas depois do parto, veio o teste positivo para Covid, mesmo sem apresentar sintomas.

Nesta semana, depois de refazer o teste, felizmente, o resultado deu negativo. Peyton recebeu alta e pode voltar para casa com seus pais, Tracy e AJ Maguire. “Quando soube que Peyton tinha coronavírus, chorei muito, pois fiquei preocupada com a forma como isso afetaria o sistema respiratório, os pulmões e se isso poderia causar risco de vida”, disse a mãe, em entrevista ao Daily Mail. “Ela estava resfriada, então, eles a examinaram em busca de uma variedade de vírus, incluindo o Covid-19. Disseram-nos que teríamos que ficar longe de Peyton por 14 dias e nos isolar em casa, mas implorei para não fazer isso e me deixar longe do meu bebê por tanto tempo”, lembra.

Então, a equipe médica permitiu que a mãe e filha passassem o período de isolamento juntas no mesmo hospital. “Ver a equipe trabalhando foi incrível. Eles arriscaram suas vidas para garantir que meu bebê se alimentasse e estivesse quentinho. As futuras mamães não devem se preocupar em ir ao hospital para dar à luz, porque a equipe sabe exatamente o que fazer para proteger todos do vírus”, afirmou.

A menina já nasceu com coronavírus (Foto: Reprodução Facebook)
A menina já nasceu com coronavírus (Foto: Reprodução Facebook)

O bebê tornou-se a pessoa mais jovem em todo o Reino Unido a vencer o vírus. E o sorrisinho meigo em seu rosto virou um símbolo de esperança na luta contra a doença.

Peyton com os pais (Foto: Reprodução Facebook)
Peyton com os pais (Foto: Reprodução Facebook)

Via: Revista Crescer