Ao Vivo

Bebê de 6 meses vence covid e enfermeiros choram de alegria: vídeo

30/04/2020 às 10:28.

Emoção em um hospital infantil. Uma bebê de 6 meses, com problemas cardíacos e nos pulmões, conseguiu vencer a covid e emocionou os enfermeiros e todos os profissionais da saúde que cuidavam dela.

Erin Bates venceu a covid – Foto: reprodução / Alder Hey Children’s Hospital

A pequena Erin Bates estava em isolamento no Alder Hey Children’s Hospital, em Liverpool, na Inglaterra e precisou usar um respirador para sobreviver.

Ela ficou em isolamento na clínica, acompanhada apenas pela mãe Emma, depois de ter testado positivo para o novo coronavírus.

Erin precisou de respiradores, porque nasceu com um problema no coração chamado Tetralogia de Fallot, uma combinação de quatro anomalias cardíacas.

A menina passou por algumas cirurgias, uma delas logo nos primeiros meses de vida. Como nasceu bem abaixo do peso, os pulmões dela também não funcionavam direito.

Com tantas complicações, a equipe médica temia que a pequena Erin não iria resistir, depois de contrair o novo coronavírus.

Ela ficou internada durante duas semanas, desde o dia 10 de abril.

Emoção

Na última sexta-feira, os pais, Emma e Wayne, receberam a notícia boa que tanto esperavam: a filha havia vencido a covid-19 e tinha testado negativo para doença.

A transferência de Erin da sala de isolamento para um dos quartos do hospital emocionou a equipe médica.

Os profissionais de saúde fizeram uma fila e aplaudiram a pequena Erin, enquanto ela passava. Alguns choraram de alegria quando viram que o empenho deles deu certo.

O hospital compartilhou o momento nas redes sociais e escreveu: “Vocês provavelmente ouviram a história da pequena Erin de seis meses que está internada aqui. Ela foi diagnosticada com Covid-19. Erin passou 14 dias em isolamento com sua mãe Emma enquanto era tratada pela nossa equipe. Hoje, a pequena Erin venceu a Covid-19 após ter testado negativo e recebeu uma saudação pela nossa equipe. Ela ainda está sendo tratada aqui por suas outras condições. Mas ela tem feito progresso!”.

Gratidão

A mãe de Erin, Emma, disse que a família será eternamente grata à equipe médica.

‘Muito obrigado a todos e a cada um deles… não poderíamos ter conseguido sem eles. Eles são realmente incríveis e seremos eternamente gratos.”

Veja como foi a saída dela do isolamento:

Com informações do DailyMail e Telegraph

Via: Só Notícia Boa