Balada de Curitiba serve drink que leva Toddynho

31/08/2018 às 09:19. Comente esta notícia!

Recentemente Curitiba ganhou uma casa noturna voltada para o público LGBTI+ jovem e focada no universo pop, a Slay (que funciona onde era a antiga Cats). A decoração da casa é toda dedicada à pop art, com divas da música retratadas em cores primárias e objetos de arte. Mas ao invés da tradicional sopa Campbell’s, ícone da pop art de Andy Warholl, a casa oferece outro símbolo pop, nacional, na carta de drinks: a caixa de Toddynho.

Toddynho para maiores
A versão da bebida para o público adulto foi concebida pelo consultor Oberdan Batista, a pedido dos sócios da casa, conta Calvin Freitas, um dos donos da Slay. Na mistura, Toddynho, whisky Passport, chantilly e glitter comestível – tudo servido na própria caixinha. A bebida custa R$ 20.

O drink de Toddynho faz parte de uma carta de drinks que é composta por releituras de drinks tradicionais como Sex on the beach (R$ 40, drink para compartilhar) e Moscow Mule (R$ 15) e também de outras bebidas com nomes divertidos como Ahazo (de gin, limão, suco de cranberry e água com gás, e custa R$ 15) e Lacre (whisky Passport, grenadine, limão taiti e maracujá, custa R$ 20). As caipirinhas (todas custam R$ 15) também receberam nomes de divas pop: Bey (em referência à Beyonce), de banana; Demetria (Demi Lovatto), de maracujá; Gaga, de morango e Katya (Katy Perry), de limão.