Autor do ‘É verdade esse bilete’ teve um ‘desempenho fantástico’ na escola, diz mãe

31/12/2018 às 11:24. Comente esta notícia!

Foto: Arquivo pessoal

O menino Gabriel Lucca, autor do famoso “É verdade esse bilete (sic)”, que conquistou as redes sociais em 2018, e configurou como um dos memes mais buscados no ano, segundo uma pesquisa do Google, teve um “desempenho fantástico” na escola, contou sua mãe, Geovana Santos, ao EXTRA, na tarde deste domingo. A festa de formatura ocorreu no último dia 10, em Bocaina (SP), onde mora com a família, apenas dois dias antes da divulgação do levantamento feito pelo buscador.

— Ele ainda não tem consciência do que é ser o mais acessado no Google, mas o pouco que ele entende ele fica: “Nossa mamãe, então sou famoso hein” — contou.

Tão logo uma foto do pedaço de papel foi publicada nas redes sociais, em meados de agosto, seu conteúdo viralizou, gerando “biletes” diversos de internautas fãs de memes, além de empresas que viram ali uma oportunidade de promover maior engajamento com seus seguidores na web.

Geovana frisou que apesar de estar muito feliz com o sucesso, Gabriel continua sendo o mesmo menino, “brincalhão e amigo de sempre”.

Foto: arquivo pessoal

— Ele está bastante feliz, chega nos lugares e é reconhecido facilmente. Semana passada ele teve um probleminha de saúde e precisou ser internado, e lá no hospital todos conheceram. Toda a equipe do setor se juntou para ir lá conversar com ele e tirar fotos. Ele ficou todo empolgado e feliz — afirmou a mãe de Gabriel, em meio a risadas.

O menino sofreu uma forte crise de asma e bronquite no último dia 21, quando ficou internado em um hospital das 10h até 22h30.

— Precisou ficar com o oxigênio por ter a saturação bem baixinha por conta da intensa falta de ar — disse Geovana, acrescentando que o filho já se recuperou e está saudável.

A mãe comemorou ainda a formatura de Gabriel na pré-escola. Em uma das fotos do evento, a criança aparece segurando o certificado de que aquela etapa dos estudos foi devidamente concluída.

— O desempenho dele é fantástico. Ele é hiper inteligente. Estava no pré e está indo para o primeiro ano. Está um pouco com medo, porque será tudo novo. Escola nova. Amigos novos. Ambiente novo. Professora nova. Então ele está meio que ansioso e triste, por deixar a escolinha, amigos e professora — contou Geovana, frisando que apesar do sentimento de ter que sair da atual escolinha, deixando para trás a tia Paulinha, o menino está contente com tudo que vivenciou em 2018 e esperançoso com o novo ano letivo.

Fonte: Extra