Ao Vivo

Aumento na popularidade durante pandemia leva Pokémon Company a imprimir mais cartas “Pokémon”

11/02/2021 às 08:28.

O ano é 2021, mas as cartas colecionáveis de “Pokémon” estão bombando. A versão física do jogo nas últimas semanas presenciou um aumento notável de público graças à celebração de 25 anos de existência da marca, com direito a itens sendo vendidos na altura dos 375 mil dólares no varejo.

Seriam apenas boas notícias se não fosse um problema: os estoques estão se esgotando rápido até demais, e com a atual pandemia do coronavírus as reposições dos produtos estão atrasando por motivos óbvios de logística em tempos de distanciamento social. A situação está tão tensa que a Pokémon Company se comprometeu a reimprimir mais cartas do jogo nesta quarta (10).

No blog oficial da fabricante, a companhia escreve que está “consciente das dificuldades enfrentadas por alguns na compra de produtos” do jogo, definindo a situação como “uma demanda muito alta” misturada a “restrições globais de distribuição que impactam a disponibilidade”. Para tanto, a Pokémon Company declara estar “trabalhando o mais rápido possível” para fabricar os produtos e atender às novas demandas, com a etapa de impressão funcionando “em capacidade máxima”.

Detalhes sobre como a distribuição se dará e os prazos para a entrega destes produtos não foram divulgados, com a empresa apenas confirmando que pretende “re-estocar os varejistas o mais rápido possível”.

O retorno do fenômeno em torno das cartas colecionáveis de “Pokémon” já vem se manifestando discretamente nos últimos meses com a popularização de vídeos de YouTube com “unboxing” de pacotes de cartas e as próprias notícias do volume de vendas dos itens no varejo. No noticiário, chamou bastante atenção esta semana o anúncio da parceria com o McDonald’s, que vai distribuir pacotes como brinde do McLanche Feliz para celebrar o aniversário de 25 anos.

Via: B9