Atendente do Samu é afastada após resposta inesperada. “Se ele quiser morrer aí o problema é dele”

07/01/2019 às 16:05. Comente esta notícia!

 

“Se ele não quiser atendimento e quiser morrer aí o problema é dele”. Essa foi a inesperada resposta que um cidadão recebeu ao ligar para o Samu, em Curitiba, na manhã de sábado (5). O homem que efetuou a ligação estava prestando socorro a um rapaz desacordado, que aparentava ter ferimentos na cabeça. O episódio ocorreu em um canteiro da Avenida Santa Bernadete, entre os bairros Fanny e Lindóia.

De acordo com a Prefeitura, uma ambulância foi enviada após uma segunda ligação e a vítima, um homem de 35 anos, foi atendida no local. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados.

Em nota oficial, a Prefeitura admitiu que “o primeiro atendimento do Samu não foi o correto” e que “retirou a atendente do plantão, por não atender os protocolos do Samu. Ela também irá responder a processo administrativo”.

 

CONFIRA A MATÉRIA COMPLETA NO SITE DA TRIBUNA DO PARANÁ