As brasileiras são as que mais usam o anticoncepcional de maneira errada

18/04/2018 às 15:26.

Seis em cada dez jovens no país não tomam o medicamento no mesmo horário todos os dias e 40% delas não acham isso tão importante assim.

Foto: Pixabay

As brasileiras lideram o ranking global das que mais se esquecem de tomar a pílula: 58% delas não se lembram do medicamento pelo menos uma vez ao mês, a média mundial é de 39%. Se considerarmos os esquecimentos de todo o ano de 2015, a taxa sobe para 89% das brasileiras que utilizam a pílula como principal forma de contracepção. A pesquisa que chegou a essa conclusão foi realizada pela Bayer em nove países, e aqui no Brasil entrevistou 4 500 mulheres entre 21 e 29 anos de idade, em parceria com a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Mais da metade das jovens entrevistadas no Brasil relatou não tomar a pílula no mesmo horário todos os dias. 40% das jovens ouvidas pela pesquisa não consideram necessário utilizar o medicamento sempre na mesma hora. Se a paciente seguir as recomendações de uso, o índice de falha é de 0,3%, mas com alguns deslizes ele aumenta para 9%.