Ao Vivo

Após temporal com granizo e cenas impressionantes, Simepar prevê mais chuva em Curitiba

04/11/2020 às 08:18.

Foto: Leonardo Coleto/Tribuna do Paraná.

Curitiba pode registrar novas chuvas com trovoadas nesta quarta-feira (04). Na terça, a forte chuva com granizo gerou imagens impressionantes, deixando ruas completamente tomada por gelo. Segundo o Simepar, a metade leste da cidade foi a mais atingida pelo fenômeno. As temperaturas baixaram com relação à terça-feira. Em Curitiba, os termômetros ficam entre os 11ºC a 22ºC.

Lembrando que as chuvas são muito importante e esperadas para amenizar a forte estiagem pela qual passou a região nos últimos meses, o que gerou os constantes rodízios em Curitiba e região.

Para esta quarta-feira, segundo o meteorologista Fernando Mendes, a previsão é de mais chuva para o período da tarde. A nebulosidade está mais presente no céu, principalmente na região leste, onde fica Curitiba. “Em áreas mais da metade leste do estado o efeito da circulação do ar causa esse efeito de presença de nuvens com a umidade que vem do mar. e também alguns eventos de chuva previstos para o começo da tarde e noite que podem ser acompanhados de trovoadas”, explicou o meteorologista.

Na quinta-feira (05)uma massa de ar menos aquecido atua sobre o Paraná, por isso o amanhecer será de temperaturas baixas em boa parte do Estado. Em Curitiba, o Simepar aponta temperaturas entre os 10ºC e 20ºC, sem previsão de chuva.

E no Litoral?

Em Guaratuba, no litoral paranaense, o dia amanheceu com chuva e o tempo segue instável ao longo do dia, com temperaturas entre os 16ºC e 22ºC.

Rastro de destruição

Segundo boletim da Defesa Civil de Curitiba, as pancadas de chuva com granizo e fortes ventos concentraram-se nas regionais Bairro Novo, Boqueirão, Cajuru, Boa Vista, Tatuquara e Matriz. Relatório mais recente da Defesa Civil de Curitiba aponta danos nos telhados de 65 residências, que fizeram solicitação para a entrega emergencial de lona. Foram registradas ainda duas quedas de árvore foram registradas, nas regionais Boqueirão e Tatuquara.

Via: Tribuna Do Paraná