Ao Vivo

Após dez dias internada, mulher de 91 anos se recupera da Covid-19

17/04/2020 às 10:50.

A aposentada Idalzina Santos de Souza, de 91 anos, se recuperou do novo coronavírus e recebeu alta do hospital Unimed Barra, no Rio de Janeiro, na quinta-feira, após 10 dias internada. Dona Dadá, como é conhecida, completará 92 anos no dia 25 de maio.

Dona Dadá com a equipe hospitalar no dia da sua alta Foto: Arquivo pessoal

Nascida em 1928, em Ilhéus, Idalzina mora com a filha, em Botafogo, bairro da Zona Sul do Rio. A idosa assim como mais de 30 mil brasileiros, contraiu a Covid-19.

A neta da baiana, a pesquisadora Luna Paladino, de 33 anos, conta que no dia 28 de março, a idosa desmaiou em casa e foi encaminhada pela família para um pronto-atendimento da Unimed, em Copacabana, mas no mesmo dia foi liberada.

Uma semana depois, Idalzina começou a sentir fadiga, dificuldade de respirar e enjoo, quando foi levada para o hospital da Unimed, na Barra da Tijuca:

— A partir do dia 7, minha avó ficou na unidade de saúde isolada. Lá, foi constatada a pneumonia e o novo coronavírus. Eu não consegui ficar com ela, mas uma médica me colocou em vídeo para amenizar a distância, esse gesto fez a diferença — diz.

A profissional que atendeu a aposentada, a cardiologista Daniela Beraldo, de 34 anos, relata como foi o atendimento:

— Na emergência, os pacientes com suspeita da Covid-19 não podem ter contato com outras pessoas. A Dadá estava chorando muito, sentindo-se sozinha, foi quando pensei em emprestar meu celular para ela fazer uma chamada de vídeo com a neta — conta a médica.

Luna conta que o momento é de esperança para toda a família:

— Minha vó já está perguntando se vai poder retomar as atividades diárias, como fazer exercício físico. Ela sempre foi ativa, considero que esse fator foi determinante para ela resistir. Agora, quando essa turbulência passar, planejo dar um bisneto para ela — admite Luna.

Via: Jornal Extra