Ao Vivo

Angela Maria morre aos 89 anos

30/09/2018 às 10:26.

A cantora Angela Maria, uma das maiores vozes do Brasil, morreu no final da noite deste sábado (29) em São Paulo. Ela tinha 89 anos e estava internada há 34 dias, no Hospital Sancta Maggiore, segundo informou seu marido, o empresário Daniel D’Angelo.

Angela fez muito sucesso entre os anos 1950 e 1960 e foi eleita, mais de uma vez, rainha do rádio. Abelim Maria da Cunha, verdadeiro nome de Angela Maria, era filha de pastor protestante, cantava desde menina em coro de igrejas. A cantora usava nome artístico para esconder a carreira da família, que era muito conservadora e contra a essa ‘profissão de artista’.

Em 1954, em concurso popular, tornou-se a “Rainha do Rádio”, e no mesmo ano estreou no cinema, participando do filme “Rua sem sol”, de Alex Viany.

Apelidada “Sapoti” pelo presidente Getúlio Vargas, tornou-se a cantora mais popular do Brasil durante a década de 1950, alcançando os maiores êxitos com os sambas-canções “Fósforo queimado”, “Vida de bailarina”, “Orgulho”, “Ave Maria no morro”, “Lábios de mel” e “Babalu” e alguns anos depois com a música “Gente Humilde”.

Veja abaixo imagens de sua carreira:

A cantora Angela Maria, logo após ser eleita rainha do rádio — Foto: Reprodução / Facebook

 

A cantora Angela Maria — Foto: Reprodução / Facebook

 

Angela Maria no Carnaval — Foto: Reprodução / Facebook

 

A cantora Angela Maria e Roberto Carlos — Foto: Reprodução / Facebook

 

A cantora Angela Maria e Roberto Carlos — Foto: Reprodução / Facebook

 

Os cantores Ângela Maria e Milton Nascimento vistos durante apresentação na capital paulista em abril de 1996 — Foto: Luis Carlos Moreira/Estadão Conteúdo/Arquivo

 

Ângela Maria e Cauby Peixoto — Foto: Divulgação/Assessoria

 

A cantora Ângela Maria, amiga de Cauby Peixoto, se emocionou no tributo ao cantor na Virada Cultural — Foto: Flavio Moraes/G1