Ao Vivo

Amor proibido: mulher é impedida de frequentar zoológico após manter ‘caso amoroso’ com chimpanzé

26/08/2021 às 12:00.

Essa é mais uma história de amores proibidos. Do dia para a noite o relacionamento da belga Adie Timmermans com o chimpanzé Chita foi impedido. O animal mora no zoológico da Antuérpia (Bélgica) e ela foi proibida de entrar no local. 

Adie disse que os dois são almas gêmeas. Há quatro anos ela visita semanalmente o chimpanzé. Os dois costumavam “se beijar” e trocar acenos por uma parede de vidro do recinto onde Chita vive. Nunca houve contato físico entre os dois. 

Mas, agora o romance está comprometido. Isso porque a direção do zoológico disse que o animal precisa se concentrar na socialização com sua própria espécie e por isso Adie não poderia visita-lo. 

Com o coração arrasado, ela disse em entrevista à emissora local ATV, que o problema é que estava tendo um caso com um chimpanzé. “Eu amo esse animal, e ele me ama. Eu não tenho nada além disso. Por que querem tirar isso de mim?”, explicou Adie. 

Adie Timmermans chora após ser proibida de visitar zoo Foto: Reprodução/ATV

O “romance” improvável ganhou as manchetes porque o zoológico está tentando acabar com a “relação”, que já dura  anos.  

De acordo com a direção, por causa da “relação” com Adie, Chita está sendo evitado pelos outros chimpanzés. Especialistas acreditam que ele seria mais feliz se passasse mais tempo se socializando com outros animais e não com os humanos. 

Chita cresceu como animal doméstico, mas foi entregue ao zoológico quando os seus donos não puderam mais cuidar dele e ele ficou grande demais.  

Por Alexandra Fernandes com informações Page Not Found/Extra