Ao Vivo

Amigo de Michael Jackson desde os 13 anos, Aaron Carter o defende de acusações

12/03/2019 às 09:34.

Quase 10 anos após sua morte, Michael Jackson voltou a ser assunto em todo o mundo. O documentário Leaving Neverland foi exibido no início do mês nos Estados Unidos e o cantor foi acusado de abuso por dois homens.

Com a grande repercussão do caso, algumas celebridades decidiram se envolver na história e opinar a respeito. Foi o caso, por exemplo, de Arron Carter. Ele é irmão de Nick Carter, famoso por fazer parte da banda BackstreetBoys.

Amigo de Jackson desde que tinha 13 anos, Aaron garante que não acredita nas acusações feitas por James Safechuck e Wade Robson. “Por que não o acusaram quando ele estava vivo? Por que não o fizeram quando ele estava sendo alvo de várias acusações?”, questionou o artista.

O rei do pop já tinha sofrido denúncias por abuso e pedofilia por décadas, mas não chegou a ser condenado. Ainda nos anos 1990, ele fez um acordo financeiro em um processo onde foi inocentado em 2005.

“Eu lembro de me divertir muito com Michael. Eu tinha cerca de 15 anos, eu ficava na casa dele, no quarto dele, e é muito difícil para mim entender que minha experiência com ele foi gentil, linda, amável e reconfortante”, completa Aaron.

“Você é um homem adulto quando Michael estava vivo, você está do lado dele, puxando o saco dele, está em um tribunal e sob juramento. Aí, quando ele morre, você decide revelar a verdade? Você está pisando em cima do túmulo de uma lenda”, finalizou o cantor.

Corpo de Jackson pode ser exumado

O site Radar Online informa que o corpo do cantor pode ser exumado depois das denúncias. Segundo a publicação, as vítimas estão se unindo e fazendo o pedido, além de solicitar um exame de DNA através de marcadas deixadas em seus corpos.

Desde que a produção foi veiculada na TV americana, ao menos 11 novas denúncias apareceram. As supostas vítimas tinham entre 7 e 14 anos nas ocasiões em que relatam os abusos. “Amostras de DNA retiradas de seus restos mortais podem provar que estão dizendo a verdade”, diz uma fonte.

O documentário em questão foi exibido pela HBO e ganhou uma forte repercussão. Dois rapazes contam sobre supostas experiências de abuso sexual com Jackson. Na ocasião, eles eram apenas crianças.

Via Portal Overtube