Ao Vivo

Adolescente cria dispositivo para aliviar dores nas orelhas de profissionais da saúde

14/05/2020 às 19:50.

Agora que todos precisamos usar máscaras de proteção, em meio à pandemia do novo coronavírus, percebemos uma questão: como dói atrás da orelha usar essas máscaras! Depois de ouvir essa queixa vinda um profissional da saúde amigo da família, Quinn Callander se sentiu inspirado a ajudar. O garoto canadense de 12 anos criou uma maneira brilhante de apoiar quem está na linha de frente do combate à Covid-19 – e tudo sem sair da segurança de sua casa.

Depois de encontrar alguns modelos de protetores auriculares online, Quinn usou sua impressora 3D para fazer várias versões diferentes do dispositivo para o amigo testar. Depois de encontrarem o modelo mais eficiente, ele criou dezenas de dispositivos para funcionários de hospitais locais na cidade de Maple Ridge, na Colúmbia Britânica, perto de Vancouver. Ao perceber o impacto revolucionário de suas doações, Quinn decidiu continuar fazendo os protetores auriculares.

Desde o início de abril, Quinn distribuiu centenas de protetores de ouvido de plástico para hospitais em todo o Canadá, EUA, Reino Unido e até Cingapura. A orgulhosa mãe de Quinn, Heather Roney, disse ao The Globe and Mail que eles foram inundados com pedidos desde que ela postou uma foto do jovem exibindo suas criações nas mídias sociais.

“Ouvimos milhares de pessoas dizerem: ‘Essa é a diferença entre trabalhar confortavelmente seu turno de 12 horas e sentir dores constantes’ por causa da pressão nos ouvidos”, disse Roney. “É tão simples, mas é incrivelmente eficaz”.

Não apenas as fotos foram compartilhadas milhares de vezes, como também inspiraram outros entusiastas da impressão 3D de todo o mundo a imprimirem seus próprios protetores auriculares. Roney escreveu recentemente no Twitter que o design de impressão 3D que Quinn usou para o protetor auditivo foi baixado mais de 48 mil vezes. As empresas de manufatura adotaram o design e desafiaram outras empresas a fazerem o mesmo. Ainda assim, Quinn não tem planos de parar sua missão tão cedo.

“Sinto que continuaremos fazendo isso o quanto pudermos”, disse Quinn à Narcity. “Continuaremos fazendo isso até ficarmos sem materiais ou até que tudo acabe.”

 Via: Hypeness