Ao Vivo

80% da RMC vai seguir Curitiba e adotar medidas pesadas pra conter avanço da covid-19

15/03/2021 às 08:09.

Centro de Campo Largo. Foto: Marcelo Andrade / arquivo Gazeta do Povo.

A maioria das cidades da região metropolitana de Curitiba pretendem seguir a decisão de Curitiba e adotar medidas mais pesadas das atividades para conter os casos ativos da covid-19. A capital adotou na sexta-feira (12), protocolo de risco alto de alerta com a bandeira vermelha.  A previsão que 80% das prefeituras já realizem mudanças a partir desta segunda-feira (15) com decretos municipais.

Autoridades ligadas aos municípios participaram no sábado (13) da reunião do Fórum Metropolitano de Combate à Covid-19, da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec). Na oportunidade, Cibele Fernandes Dias, representou o prefeito de Curitiba, Rafael Greca na reunião, e o vice-prefeito Eduardo Pimentel apresentaram aos prefeitos a explicação das medidas de lockdown na capital com dados sobre as UTIs e a evolução rápida de contágio. Além disso, foi apresentada uma minuta de um decreto metropolitano para adoção de lockdown, com suspensão de atividades não essenciais e ampliação do isolamento social. “Os prefeitos se mostraram sensíveis e solidários. Nós fizemos a nossa parte de expor a gravidade da situação”, explicou Cibele.

Na segunda, uma nova reunião on-line está marcada para definir as cidades que efetivamente vão acompanhar a decisão de Curitiba. Pinhais e Campo Largo já sinalizaram que irão acompanhar a capital.

Via: Tribuna Do Paraná