65 kg mais magro, Leandro Hassum desabafa: “Achava que ia morrer”

22/11/2017 às 09:03.

Após perder 65 kg, Leandro Hassum falou sobre a cirurgia bariátrica que realizou em novembro de 2014 e também relembrou a época que chegou a pesar 150 kg.

“Fiz todas as dietas. Sol, lua, fruta, sopa, shakes, proteínas. Cheguei a pesar 150, fui para 85, agora ganhei 2, estou com 87. Depois de tentar tudo, de você realmente chegar em um limite que você fala: ‘Estava completando 40 anos, tenho uma filha linda, a vida estava ótima e comecei a ficar com medo de morrer’. Sentia uma dor, achava que era infarto. Meu coração acelerava, ia morrer. Aí operei. Fui com medo, várias dúvidas, mas procurei o melhor médico, fiz tratamento psicológico muito bacana, respeitei todas as estapas e hoje tenho vida normal”, disse em entrevista ao canal de Leda Nagle, no ‘Youtube’.

Ele também confessou que a fase da adolescência foi a mais difícil. “Passei todos os sofrimentos, a adolescência é um momento mais cruel com gordo, porque não se tem freio. Eu sempre fui gordinho e o humor, essa coisa carismática, brincalhona, divertida, era o que fazia me livrar do que, na época nem se chamava bullying, essa coisa preconceituosa que existia”.

Mesmo após a cirurgia, Leandro disse que ainda se controla na alimentação. “Eu não sinto mais fome, mas se estou em um lugar e vejo comida, minha atitude é pegar. Hoje consigo segurar a onda, sei a hora de comer. Minha dieta é seletiva, não é restritiva. É igual você ir no rodízio no dia das mães: Aquela fila, começam a servir pastel na fila. Se eu comer, não vou comer picanha. Então tenho que optar. Eu posso comer tudo, só que não aguento comer tudo ao mesmo tempo. Fiquei livre de uma história! Ainda tenho medos, ainda faço análise por conta disso. Comecei a ganhar massa muscular por conta de estar praticando muito exercício físico”.

“Estou feliz como nunca estive na minha vida. Eu fui um gordo muito feliz, eu não tinha problema em nenhum aspecto na minha vida. Me achava uma delícia gordo. Sou casado com a minha mulher há 20 anos, durante 16 anos ela foi casada com um homem gordo achando lindo, eu me achava lindo. Nunca tive problema com mulher na minha vida, desenvolvi a arte de um bom papo, mulher gosta de papo, homem inteligente, divertido. Mulher gosta de homem que faz rir”.

Assista:

Via: Revista Caras