150 bombeiros raspam a cabeça e ajudam garoto que perdeu pai com câncer

12/12/2018 às 09:09.

Um garoto de 11 anos conseguiu apoio de 150 bombeiros que rasparam a cabeça para a campanha “Brave the Shave”, algo como “Bravos raspados”, em português, criada para ajudar bombeiros com câncer.

Mason Anderson perdeu o pai, que também era bombeiro em 2017 para o câncer e resolveu ajudar os colegas de profissão dele.

A ideia surgiu depois que o menino recebeu a notícia de que a mãe, Lacey Anderson, também tinha câncer de mama.

Ele raspou a cabeça para apoiá-la, depois da quimioterapia. Lacey agora está livre do câncer, após um ano de tratamento.

“Quando eu descobri que ela ia perder o cabelo e passar por tudo isso – eu não queria que ela tivesse que passar por isso sozinha. Então eu decidi que iria raspar minha cabeça em solidariedade”, disse Mason.

A campanha

Este ano, Mason teve a ideia de continuar o Brave the Shave para captar fundos para outros bombeiros, vítimas da doença.

O dinheiro arrecadado vai ajudar os profissionais da região de Sacramento e suas famílias a passar com um amparo a mais.

“Este ano, não é por mim. Este ano, é pelos bombeiros com câncer, para ajudá-los a ficar preparados”, disse a mãe, Lacey Anderson.

Melhor amigo

O pai de Mason trabalhava no Aeroporto Internacional de Sacramento e os bombeiros de Sacramento, na Califórnia, EUA, toparam o desafio de captar fundos para campanha do menino.

O bombeiro Robert Anthony era o melhor amigo do pai de Mason.

No domingo, ele raspou a cabeça e disse que estava impressionado com a determinação de Mason em ajudar os outros durante seu período de luto.

“Nós, como bombeiros, na maioria das vezes somos os que estão lá fora tentando salvar o dia ruim de alguém para torná-lo melhor. E aqui está um garoto de 11 anos fazendo isso para nós, bombeiros. É um grande passo para ele. Estou muito orgulhoso”, disse Anthony.

“Muitas pessoas podem pensar somente nos desafios e obstáculos. Em vez disso, Mason é capaz de ver como podemos fazer algo divertido ”, disse Anderson.

E não são apenas os bombeiros locais raspando suas cabeças. A campanha ganhou mais adeptos.

Por Mason, os bombeiros de Boston, Texas e Oregon concordaram em fazer o mesmo.

Depois deles, a comunidade também ajudou.

Mason disse que pode ver o pai sorrindo pra ele por seu esforço em ajudar os outros a combater e prevenir o câncer.

Assista:

Com informações do WCVB