Preço mínimo da gasolina cai a R$ 2,59

O preço médio da gasolina recuou um pouco em Curitiba na última semana, caindo de R$ 2,765 para R$ 2,755 por litro, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). A melhor notícia para os motoristas está no fato de que os preços mínimos caíram mais.

No levantamento feito entre 28 de abril e 4 de maio, o preço mais baixo encontrado pela ANP foi de R$ 2,649 por litro. No intervalo entre 5 e 11 de maio, já havia postos vendendo o litro por R$ 2,599. O preço mais comum na cidade, no entanto, é de R$ 2,799 por litro, cobrado por 33 dos 95 estabelecimentos pesquisados.

O valor mínimo do etanol também recuou entre uma semana e outra, passando de R$ 1,90 para R$ 1,869 por litro. Mas, como a maioria dos postos cobra valores bem mais altos (o máximo chega a R$ 2,199, segundo a ANP), a média até subiu na semana passada, de R$ 2,01 para R$ 2,016 por litro. O preço mais frequente em Curitiba é de R$ 1,999 por litro, observado em 38 dos 95 revendedores consultados pela ANP.

Vantagem

Na relação entre os preços médios, o álcool está custando o equivalente a 73% do preço da gasolina, porcentual que se mantém há várias semanas. Com isso, abastecer com o derivado do petróleo continua sendo a melhor opção para o dono de carro flex.

Pesquisa Inmetro com 230 automóveis bicombustíveis mostra que, na média, o etanol rende 32% menos que o combustível concorrente. Com isso, sempre que a relação de preços passa de 68%, é mais econômico abastecer com a gasolina.

 Fonte