Fique Sabendo

MP denuncia oito funcionários do Evangélico

11 de março de 2013, 17:22. Comente esta notícia!

O Ministério Público denuncia oito funcionários do Hospital Evangélio, por mortes na UTI. Seis desses profissionais foram denunciados por homicídio duplamente qualificado – por motivo imoral e sem chances de defesa às vítimas – e formação de quadrilha. De acordo com o MP-PR os acusados abreviam a vida dos pacientes com o objetivo de abrir novas vagas no centro médico.

A médica Virgínia Helena Soares de Souza, a primeira a ser presa é acusada de coautoria em todas as sete mortes, ocorridas entre 2006 e janeiro deste ano. O MP-PR afirma que os profissionais da saúde acusados agiam como se tivessem o poder de decretar a morte das vítimas, além de escolherem quais dos pacientes teriam o direito a permanecer vivos no centro médico.

Leia mais em Gazeta do Povo.

Nenhum Comentário

Deixe o seu comentário!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*

*

*