Fique Sabendo

Gazeta do Povo completa 95 anos

03 de fevereiro de 2014, 10:41. 1 comentário, comente também!

Nesta segunda-feira, a Gazeta do Povo completa 95 anos de história no Paraná. O jornal, que hoje tem a segunda maior audiência do estado, superada apenas pelo Jornal Nacional, de acordo com pesquisa Marplan, se firmou como um veículo de personalidade forte e de caráter independente, e é um dos pilares do Grupo Paranaense de Comunicação (Grpcom). Neste aniversário, lembramos algumas campanhas empreendidas pelo jornal e ouvimos quem lê e quem faz da Gazeta do Povo um jornal indispensável na vida dos paranaenses.

Um jornal com voz para formar e informar

Um jornal sem medo de ter sua voz. A Gazeta do Povo sempre buscou tomar a frente em questões julgadas importantes para o desenvolvimento do Estado, e sempre acreditou que apenas informar não é suficiente para formar cidadãos conscientes. Desde a década de 1970, o veículo investiu em bandeiras levantadas que deram resultado, como o seguimento a obra de construção da Usina de Xisto em São Mateus do Sul, o pagamento dos Royalties de Itaipu – antes da Lei dos Royalties de 1991 –, que indeniza o estado pelas áreas perdidas pelo alagamento da usina hidrelétrica entre Brasil e Paraguai, e campanhas que ainda aguardam sua conclusão, como a construção de um Tribunal Regional Federal no Paraná e a implantação do equipamento ILS-3 no Aeroporto Afonso Pena, que permite o pouso e a decolagem com visibilidade zero. Mas também incentivou a cidadania, como na campanha Política Cidadã, que estimula pequenas ações que fazem a diferença na comunidade, ao Ocupe o Passeio, que defende a revitalização e o uso do Passeio Público.

Com a palavra, os leitores

Olhando para seu centenário, a Gazeta do Povo procura intensificar aquilo que é comum a todos os jornais: fazer uma ponte de diálogo com a sociedade. Desde o final do ano passado, o veículo, em sua versão online, ampliou o processo de sociabilização com seus leitores abrindo espaços para comentários em todas as matérias, além das interatividades, que pedem a participação do público tanto em assuntos leves quanto em discussões pertinentes para os rumos do estado e do país. Um exemplo são as frases abaixo. Perguntamos a nossos leitores que manchete eles gostariam de ver estampadas daqui a cinco anos, quando a Gazeta do Povo completa seu primeiro centenário. Veja algumas das respostas:

“Ponte estaiada de Guaratuba é inaugurada e governo anuncia série de melhorias para tornar o litoral paranaense mais atrativo.”

Jairo Ubirajara Polessi Rampazzo.

“Segundo a Unesco, o Sistema Educacional do Paraná é o melhor do mundo. Aliando políticas de valorização aos profissionais do Magistério, com remuneração digna e apoio dos pais, a Secretaria de Estado da Educação e o Governo do Estado do Paraná receberam o Prêmio de Excelência em Educação Pública do Secretário Geral das Nações Unidas”.

Lauro Goerll Filho.

“O Paraná é o primeiro Estado
do Brasil a ter o maior índice de desenvolvimento humano já registrado na história, os governantes reformularam seus trabalhos, acabaram com os desvios de recursos e com a corrupção, e estão investindo junto com a população em infraestrutura e técnicas para a inclusão social”.

Luciano Atamanzuck.

“Curitiba ganha faixa exclusiva para bicicletas.”

Rafael Camargo.

Fonte

1 Comentário

  1. Cleusa Viudes disse:

    Tenho essa edição, em bom estaddo de conservação!

Deixe o seu comentário!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*

*

*