Fique Sabendo

Após depressão, Padre Marcelo relata dieta: “só alface e hambúrguer”

09 de dezembro de 2013, 10:48. Tags: . Comente esta notícia!

Padre Marcelo passou recentemente por um período delicado de sua vida. Em entrevista ao Fantástico, da TV Globo, deste domingo (8), ele relatou que teve depressão e que fez uma dieta que prejudicou sua saúde. “Fiz uma dieta maluca, só com alface e hambúrguer. Seis meses fazendo isso”, relatou Marcelo, fragilizado e com dificuldade para falar as palavras com clareza. 

Segundo ele, a ideia de emagrecer veio quando as pessoas começaram a falar que ele estava acima do peso. “As pessoas comentavam que eu estava muito gordo, mas eu não estava gordo, estava inchado. Eu corria, mas não estava eliminando”, contou. “Infelizmente eu exagerei, mas acredito que foram 35kg ou 40kg (que ele perdeu)”. “Você se olha no espelho, mas não se vê magro”, acrescentou ele, que buscou um psicólogo. 

Outro resultado da dieta foi um tombo que deixou vários machucados nos braços e pernas do padre – ele exibiu os ferimentos para a jornalista Renata Vasconcellos. O incidente aconteceu enquanto ele corria na esteira e se sentiu fraco devido à má alimentação. 

Marcelo também falou sobre a fama e seu desentendimento com o Padre Fábio de Melo, depois que ele criticou o colega por não usar a batina em suas apresentações. “Nós conversamos sobre isso, eu pedi desculpa para ele”, disse ele, ao reclamar da super exposição de sua imagem. “Qualquer coisa que você fizer errado hoje, todo mundo tem um celular e coloca foto na internet”, desabafou o padre, ao afirmar que não consegue sair na rua tranquilamente. 

“Tudo tem o seu preço”, ponderou ele, no entanto. “Esse é o grande perigo em qualquer lugar, qualquer religião. Colocam você em um pedestal, mas eu sou um ser humano”, completou Marcelo, ao finalizar a entrevista afirmando que está bem. “Deus permitiu que eu passasse por um pouquinho do que é depressão. Desculpa a palavra, mas eu achava que era frescura”.

Fonte

Nenhum Comentário

Deixe o seu comentário!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*

*

*