Fique Sabendo

Adriano faz os primeiros exames e conhece a estrutura do Atlético-PR

03 de dezembro de 2013, 15:02. Comente esta notícia!

Adriano começou a sua temporada em Curitiba dando bom exemplo. O atacante era esperado na manhã desta terça-feira no Centro de Treinamento do Atlético-PR por volta das 9h, mas apareceu bem antes. Ele chegou por volta das 8h20 para os primeiros exames e iniciar o projeto de recuperação de sua condição física. Adriano está desde segunda-feira na capital paranaense, quando chegou no final da tarde.

O jogador passou toda a manhã no CT, almoçou no local e conheceu a estrutura do Furacão. O Imperador teve contato com os funcionários, que elogiaram sua forma física. Segundo eles, o jogador não parece muito longe do ideal para retornar aos gramados. No período da tarde, ele deve fazer exames cardiológicos fora do CT.

O Atlético-PR não se pronuncia sobre a presença de Adriano no clube, mas a expectativa é a de que o jogador tenha um prazo de três meses para treinar e aprimorar o condicionamento físico. Só então, as partes deverão discutir um possível contrato. Mesmo assim, o Imperador já pensa em alugar um apartamento em Curitiba.

Além dos exames de rotina e do primeiro contato com os funcionários do CT do Atlético-PR, Adriano tem como compromisso agendado para esta terça-feira uma entrevista com uma equipe de televisão italiana. Esta informação foi passada por sua assessoria de imprensa, mas o local da gravação é mantido em segredo.

No CT do Furacão, Adriano também terá a chance de trabalhar novamente com o preparador físico Moracy Sant´Anna, com quem esteve durante seu período na Seleção Brasileira. O Atlético-PR tem um histórico positivo na recuperação de jogadores. Em 2003, por exemplo, o ex-atacante Washington fez um tratamento de seis meses no clube para se recuperar de um princípio de infarto. O Coração Valente voltou no ano seguinte e foi artilheiro do Brasileiro com 34 gols.

Outro caso mais recente é a recuperação do goleiro Rodolfo, suspenso em agosto de 2012 por uso de cocaína. Após a pena, o Atlético-PR manteve o jogador no elenco e o acompanhou em seu processo de recuperação, concluído este ano. O arqueiro já está liberado para jogar.

Fonte

Nenhum Comentário

Deixe o seu comentário!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*

*

*